Siga por e-mail

Seguidores

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Dorje e varinha mágica

Um Dorje é um bastão de poder, que assim como o Bastão Atlante, o cetro, a varinha mágica e outras denominações, é usado como ferramenta mágica. Em uma de suas pontas há uma bola de cristal transparente e quando se olha para o centro deste cristal se revela uma das 4 luas (azul, plena, de sangue e negra). Sua simbologia pertence às afiliações da Lua, agregando os poderes da Lua em forma/pensamento como objeto ou ferramenta mágica. Coposto por um tubo de bronze em uma de suas extremidades contém uma ponta de cristal e na outra uma esfera de cristal.


A Varinha ou Bastão é um Instrumento de Invocação. É usado para dirigir a energia, desenhar Símbolos Mágicos ou o Círculo, mexer coisas no Caldeirão, ou até mesmo para invocar um Deus ou uma Deusa. É o Instrumento do Elemento Fogo. Normalmente é feita de madeira, mas alguns livros dizem não haver problemas com uso de uma varinha já pronta, fabricada por outra pessoa. Não é necessário que você use sempre a mesma varinha ou bastão pelo resto de sua vida, portanto use uma que você se sinta confortável e só mude quando você achar que é necessário.


 Um Dorje é um bastão de poder, que assim como o Bastão Atlante, o cetro, a varinha mágica e outras denominações, são usados como ferramenta mágica. Além de simbolizar o poder, ele é utilizado para emitir em forma de energia/pensamento a “vontade” de quem o opera. Dependendo dos materiais e símbolos usados em sua confecção um bastão de poder assume características próprias. Podem ser utilizados diversos materiais e símbolos para sua confecção exemplificando: podem ser feitos de madeiras ou de metais (como ferro, cobre, bronze, prata ou ouro) ou mistura de metais entre si e madeiras. Agregado a ele pode haver pedras e cristais; ou materiais de origem animal, como conchas, penas, dentes, ossos e couro. A humanidade conhece o bastão de poder desde a pré-história no paleolítico superior, usavam o que se convencionou chamar de bastão de comando, eram bastões feitos de ossos e eram entalhados, geralmente com imagens de animais. O Dorje das 4 Luas é feito de um tubo de bronze, em uma de suas extremidades (a ponta) está uma ponta de cristal de quartzo hialino e natural, na outra extremidade se encontra uma esfera de cristal hialino com um efeito luminoso, que simbolizam as 4 luas Lua Plena, Lua Negra, Lua Azul, Lua de Sangue ou Lua Grande. Sua simbologia pertence às afiliações da Lua, agregando os poderes da Lua em forma/pensamento como objeto ou ferramenta mágica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.