Siga por e-mail

Seguidores

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Pêndulos

Pêndulos

Texto: Rafael Lima

Os pêndulos apareceram inicialmente na Roma Antiga como um instrumento para determinar o resultado das guerras. É um instrumento radiestésico que tem como finalidade fazer com que certas vibrações universais sejam recebidas pelo inconsciente de quem o está manipulando.
Fisicamente, o pêndulo é um peso na ponta de um fio ou cabo flexível e resistente, podendo ser encontrado em diversos matérias (madeira, cristal, pedra, metal etc.). Também pode ter várias formas.
O uso do pêndulo é bastante simples, pois ele responde basicamente “sim” e “não”. A complexidade de suas respostas depende apenas da pergunta feita pelo operador.
Você pode comprar ou fazer o seu pêndulo. Pêndulos de diversas formas e materiais são encontrados aos montes em qualquer loja esotérica. Escolha o que mais lhe agradar; acredite na teoria de que os instrumentos é que escolhem a gente, e não o contrário.
No entanto, você pode fazer o seu próprio pêndulo, o que vai agregar mais energia sua a ele do que a um comprado, mas isso é muito relativo. Muitas vezes achamos um que seja exatamente como queríamos em uma loja, e será especial de qualquer forma.


Métodos de limpeza do pêndulo
Ao adquirir qualquer instrumento mágico, a primeira coisa a se fazer é limpá-lo não só fisicamente, como também energeticamente. Com o pêndulo não é diferente. Isso porque o pêndulo passou por diversas mãos até chegar em você, e entrou em contato com muitas energias diferentes. Limpando-o, você apagará essa confusão de energias e ele estará pronto para ser consagrado como seu.

Uma sequência de limpeza para o seu pêndulo:
Água: Em primeiro lugar, limpe o seu pêndulo fisicamente, usando sabão líquido e água. Enxague-o em água corrente (pode ser a de qualquer torneira – nesses tempos tão civilizados, infelizmente para alguns é a única maneira), visualizando toda a sujeira (física e energética) indo, literalmente, por água abaixo.

Descanso: Coloque o seu pêndulo em um recipiente com água e sal, descansando durante um dia inteiro e uma noite inteira, tomando banho de sol e de lua. Você pode deixá-lo no seu quintal ou na janela do seu quarto. É importante ver de que material é o seu pêndulo antes de realizar esta etapa. Se ele for de metal, provavelmente enferrujará ao colocá-lo na água por tanto tempo; prefira deixar o recipiente vazio. Se for de madeira, é aconselhável enterrá-lo na terra, de preferência uma terra fértil, com plantas.

Finalização: Após realizar essas etapas anteriores, lave novamente o pêndulo como na primeira vez, sabendo desta vez que ele já está limpo e pronto para ser consagrado e utilizado por você somente.
Ao limpar seu pêndulo, é importante que você esteja concentrada no que está fazendo, senão não surtirá nenhum efeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.