Siga por e-mail

Seguidores

sábado, 4 de fevereiro de 2012

VOCÊ DECIDIU SER BRUXO(A). E AGORA?


Por tradição, você precisa estudar um ano e um dia antes que possa passar por uma Iniciação e ser chamada de Bruxa ou Wiccana ou ainda, Sacerdotisa. No meu Círculo, o candidato(a) deve frequentar os Rituais de Lua Cheia pelo mesmo período.
Passado este tempo você pode iniciar a si mesma ou ser iniciada por um coven ou por uma outra "Senhora" (título que usamos para designar a Sacerdotisa do Círculo, iniciada e consagrada aos Deuses Antigos).
Cada coven possui suas próprias regras para admitir um candidato(a) e estas variam consideravelmente. É importante conhecê-las para poder cumprir os pré-requisitos necessários que assegurarão sua admissão no grupo.
Uma vez que se enquadre nessas regras nada haverá que impeça seu ingresso. No entanto, se você cruzar com seguidores de uma tradição específica (como Wicca Gardneriana, a Wicca Alexandrina, a Tradicional Britânica, a Seax Wicca, a Stregueria, a Diânica, a Wicca das Fadas e outras) e tiver a intenção de fazer parte dela, você terá de aprender as práticas dessa tradição e ser iniciada pelos seus membros.
Esse período extra de estudo é comum nas tradições com uma heirarquia rigorosa (postulante, primeiro grau, segundo grau, sacerdote-sacerdotisa...). Se quiser ser chamada de bruxa dessa tradição, você precisará estudar com alguém que já faça parte dela, aprender seus rituais especiais e segredos e então ser iniciada.
No meu Círculo o aspirante deve cumprir o prazo estabelecido e então é admitido como Guardião; um ano e um dia depois, como Guerreiro (no caso dos homens), Sacerdotisa, Sacerdote, Sumo Sacerdote, Suma Sacerdotisa e finalmente Anciã (que é a Senhora que deu origem ao Movimento).
Muitas bruxas, especialmente aquelas que não têm e nem querem ter nenhuma ligação com um coven ou com outro grupo, tendem a evitar rótulos tradicionais.
Em vez disso, elas adotam a herança cultural ou os costumes sazonais da família e criam seus próprios rituais e cultos. Isso é chamado de Prática Solitária.
Pessoalmente, acho que apenas uma Bruxa Consagrada pode iniciar outra.
Qualquer que seja o seu caso, estude bastante, desenvolva a disciplina, reserve um tempo para a prática da meditação ou oração (para que se conecte com as forças cósmicas), e sobretudo, tenha sempre a humildade para receber ensinamentos de quem já trilhou o mesmo caminho antes de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.