Siga por e-mail

Seguidores

sexta-feira, 23 de março de 2012

13 PASSOS PARA UM RITUAL INVOCATÓRIO EFICAZ:




Existem 13 passos básicos que devem ser seguidos para a realização de um ritualinvocatório bem sucedido. Eles são imprescindíveis para que um rito seja maisbem elaborado e projetado:
1. Definir o objetivo
2. Escolher e preparar os símbolos
3. Purificar e consagrar objetos
4. Usar símbolos
5. Momento certo
6. Força da palavra
7. Invocação dos Deuses
8. Preparar o Espaço Sagrado
9. Criar um estado de relaxamento
10. Usar os 5 sentidos
11. Pronunciamento do desejo
12. Geração de poder 
13. Liberar a magia

Analisaremos detalhadamente cada um desses passos, tão importantes na arte dainvocação, começando pela definição do objetivo.
1. DEFININDO O OBJETIVO.
Quando realizamos um ritual precisamos ter planos específicos e por isso oobjetivo é muito importante.Devemos tomar todo o cuidado para que nosso objetivo não seja mal interpretadose expresso incorretamente através das invocações. O desejo de uma invocaçãodeve ser construído em termos muito precisos. Meditar pode ser algo positivo nahora de escolher termos, frases e palavras que serão usadas em suas invocaçõesno decorrer de um rito.Na hora de preparar um ritual ou rascunhar uma invocação espontânea para ser utilizada em uma cerimônia e/ou em sua prática devocional diária, utilize oseguinte exercício para auxiliá-lo:
Respire profundamente e deixe sua mente divagar. Focalize sua atenção apenas para o seu desejo.Escreva de forma extensiva o seu desejo em um pedaço de papel. Deixe que suasidéias fluam livremente. Depois, submeta sua carta à uma análise e revisão. Váreduzindo as palavras de menor significado, deixando apenas aquelas queexerçam maior impacto emocional e visual, mas esteja atento para que a suafórmula não perca o sentido. A frase resultante pode ser recitada durante uma invocação em forma de cântico,ladainha, encantamento, etc.
DESEJANDO: Ao invocar, formule o desejo de forma clara e como achar correto. Repita odesejo diariamente e faça o que for necessário para que ele se materialize.Quando a invocação for pronunciada, concentre-se nela e direcione toda a suaenergia pessoal para que seus esforços práticos sejam direcionados para arealização.Invocações sempre são mecanismos que impulsionam a vontade. Por isso elassão muito importante em qualquer processo mágico.Repetir sua Invocação e desejo várias vezes emite ondas de energia para ajudar odesejo se realizar, já que é a nossa vontade que desperta, dirige e manifesta aenergia mágica.
  


DESEJANDO COM RESPONSABILIDADE: A responsabilidade pelos seus desejos é inteiramente sua e por isso você deverefletir muito antes de realizar uma invocação. A realização dos desejos expressosem uma invocação pode ter desdobramentos jamais imaginados. Por isso, semprerealize este exercício antes de invocar:
 Anote o objetivo de seu ritual respondendo várias perguntas sobre a atuação deleno mundo, como: quem será atingindo, de que forma, por que, o que isso resultará posteriormente, como você poderá ficar depois que o se realizar, etc...Responda as perguntas pensando no lado positivo e negativo, nas coisas boas eruins que podem ocorrer. Pense seriamente sobre o seu ritual, pensando o que elesignifica pra você e como poderá afetar outros.Escreva, levando em consideração todos os itens acima, uma fórmula verbal bemacurada, expressando o seu desejo .Com isso, crie uma invocação ou palavras adicionais que serão direcionadas auma Deidade ou força da natureza para ser usada em seu ritual.
 AS PALAVRAS:O homem sempre usou o som para se comunicar com este e outros planos deexistência. Magicamente falando, um ritual é uma projeção verbal e mental, ouseja, ele é composto de imagem e som. Sem este dois fatores, inclusive, não hámagia.Precisamos aprender a usar corretamente a linguagem, sua energia e sabedoria.Expressões e frases positivas relacionadas aos nossos desejos ajudam a reforçar a invocação e o ritual:
Pense por alguns instantes no seu desejo e escolha uma expressão curta que odescreva. Deixe a frase ecoar em sua mente e visualize uma luz brilhando acimade você. Depois de alguns instantes visualize as palavras da sua frase brilhandona luz, indo em direção a uma imagem da Deidade formada em sua tela mental Isso significa que você deve visualizar a Deusa ou o Deus invocado por vocêbrilhando nesta luz. Lentamente veja as palavras sendo enviadas de volta paravocê, sendo derramadas sobre a sua cabeça. Perceba que elas se tornamcompelidas a sair de sua boca. Grite a frase ou cante-a, visualizando a realizaçãode seu desejo enquanto percebe a imagem da Divindade acima de vocêabençoando-o.
 A ESCOLHA E PREPARAÇÃO DOS SÍMBOLOS:
 Aqui nos referimos aos símbolos relacionados a Deidade que será invocada ou aparte da representação de seu desejo, objetivo ou meta em termos mágicos, queamplifica ainda mais o poder de seu ritual. Você pode utilizar desde símbolostradicionais, usados há muito tempo para representar aquilo que você quer, atéum símbolo que fale especialmente à sua mente e inconsciente. Lembre-se quesímbolos também são uma forma de invocação, pois despertam lembranças,sentimentos e energias adormecidas em cada um de nós.Para escolher quais símbolos usar em suas invocações no decorrer de um ritual,procure pelos seus significados em tabelas de correlações e analogias eidentifique a representação que mais chamar sua atenção.Você pode utilizar objetos, plantas, pedras, imagens, figuras etc. Aqui segue uma pequena lista de referência de acordo com os temas pertinentesao ritual: AMOR: rosas, coração, quartzo rosa, manjericão, verbena, laços, fitas, cores rosae vermelho, mel, doce, perfumes, pomboPROSPERIDADE: moedas, pirita, citrino, chifres, terra, argila, louro, alecrim,sementes, cores laranja / verde /azul marinhoSAÚDE: bétula, fumo, algodão, alecrim, incensos de limão, foto do doente, Círculoem um papel, quartzo verde, ágata, cor amareloPROTEÇÃO: cordão, obsidiana, turmalina negra, ônix, granada, cores preto evermelho, gengibre, urucum, alho, runa Algiz,
Com as analogias descritas anteriormente, crie uma pequena invocação ritual querepresente o seu desejo, usando palavras, símbolos e gestos relacionados à suameta.
Outro exercício que poderá se feito :
Pense no ritual que você deseja realizar ou na Divindade que será invocada. Qual a primeira cena que lhe vêm a mente? Você consegue identificar um símbolonesta cena? Se sim qual é? Se não, qual o primeiro símbolo que lhe vem a mentecom relação ao seu ritual?Pense em outros símbolos, no mínimo três e no máximo 9. Como você juntariatodos os símbolos (num incenso, vela, amuleto ou visualização?) para fazer partedo seu ritual.
  A PURIFICAÇÃO E CONSAGRAÇÃO DOS SÍMBOLOS E OBJETOS ASEREM UTILIZADOS
 A consagração e purificação dos símbolos e objetos usados em um ritual sãoessenciais, pois isso elimina toda a memória e influências passadas aos materiaisque serão utilizados em seu ritual, para que eles sejam devidamente programadospara trabalhar exclusivamente a você.Procure encontrar fisicamente os símbolos que você identificou no exercícioanterior.Você levará alguns instantes para consagrá-los e carregá-los de poder. Isso seráuma forma simples de remover qualquer energia negativa adquirida pelo objeto,além de dar uma função e uma forma de programação para ele.Purificações rituais podem ser feitas de inúmeras formas. Aqui seguem algunsexemplos:- Passe o símbolo no sal, enquanto visualiza aquilo que deseja e o símbolocumprindo sua missão- Deixe o objeto enterrado por um ciclo de 24 horas.- Esfregue algumas folhas ou sementes no objeto, particularmente aquelasrelacionadas ao seu desejo
14
 - Passe o símbolo na fumaça de um incenso, enquanto visualiza o que deseja.Esta fumaça pode ser gerada por ervas associadas ao seu desejo, relacionadascom a purificação como cravos, cedro, sálvia ou sagradas para a Divindade queserá invocada por você.- Sopre sobre o símbolo algumas vezes, enquanto visualiza o sopro na cor do seudesejo (rosa para amor, laranja e verde para prosperidade, preto e vermelho paraproteção, amarelo e marrom para saúde, etc) ou na cor sagrada relacionada aoDeus invocado- Submergir o símbolo em água com sal, ou água da fonte, mar, cachoeira, etc- Fazer uma unção no símbolo com um óleo essencial relacionado ao seu desejoou ao Deus invocado
 Passar o símbolo na chama de uma vela na cor sagrada à Deidade que seráinvocadaPURIFICANDO O SÍMBOLO
Pegue o símbolo por alguns instantes e deixe ele se comunicar com você. Aproxime-o 3 vezes do seu chakra frontal e perceba o que ele lhe comunica. Qual tipo de limpeza ele deseja que você faça? Alguma das listadas acima ou outracompletamente diferente? Deixe o símbolo interagir com você e deixe ele mesmolhe dizer qual é a melhor forma de purificação. Eleve sua mente à Divindade queserá invocada por você em seu ritual e solicite que ela lhe dê um insight sobrequal a purificação mais adequada para o objeto e realize-a.
PROGRAMANDO O SÍMBOLO
Depois que você purificou, inicia-se a programação ou consagração propriamentedita. Isto envolve a invocação de uma Deusa ou um Deus, Espíritos elementais ouqualquer energia que você invocará. Isto pode ser feito simplesmente com umabreve invocação à energia específica descrevendo o uso pretendido.Você pode colocar suas mãos em forma de bênção sobre o objeto e fazer ainvocação, elevá-lo aos céus, apresentá-los às 4 direções, aproximá-lo dos seuslábios enquanto pronuncia o que deseja. Enfim, as formas são muitas e você podedesenvolver aquela que mais se adequar à natureza do ritual em questão. Oimportante é que o simbolismo deste ato funcione para você.
Outra forma adicional de purificação:
Passe suas mãos algumas vezes pelo símbolo escolhido e tente sentir asimpressões psíquicas nele contidas. Visualize a Deidade para qual o símbolo seráconsagrado e peça que ela lhe auxilie nessa tarefa. Em poucos minutos iráaparecer na sua mente a melhor forma de consagração do seu símbolo mágico.Sinta o que o objeto quer lhe comunicar, ele inclusive pode dizer qual é a melhor maneira de usá-lo durante o ritual, onde, como, quando e em quais situações.Esteja aberto para a magia.
 USANDO O SÍMBOLO
Depois de ser preparado, o símbolo deve ser usado. Coerentemente, acredita-seque o que for feito com o símbolo no espaço sagrado deve estar de acordo com asua função. Se você quer atrair algo, traga lentamente aquilo que representa o seudesejo para algo que representa você, enquanto faz uma invocação e expressa oseu desejo. Se você quer encontrar a pessoa amada, una dois corações enquantoverbaliza o seu desejo a uma Divindade do amor . Se você quer banir algo da suavida, destrua, transforme em pó, rasgue aquilo que representa o mal e se desfaçadele, invocando uma Divindade apropriada. E assim sucessivamente.
Pegue o símbolo em suas mãos e por alguns instantes deixe sua mente vazia,livre de pensamentos ou imagens. Pense agora na função do símbolo e semracionalizar muito sinta o que você deve fazer com ele, naquele momento do ritual.Verbalize então o seu desejo, enquanto utiliza o objeto.
5. MOMENTO CERTO
Qualquer momento pode ser usado para fazer um ritual, mas existem dias, luas eépocas tradicionais favoráveis para a formulação de desejos.
Você pode usar datas que inspirem algum significado especial para realizar oritual.Existe alguma data especial que você relacione ao seu desejo? Data denascimento simboliza longevidade e novos inícios. Aniversário de casamento éótimo para renovar sua relação e amor  As estações do ano podem interferir em seu ritual? Por exemplo a concepção,nascimentos e fertilidade relaciona-se fortemente a primavera. As restrições, ao período de inverno e assim sucessivamente. Qual a melhor estação para adicionar ainda mais poder ao seu ritual? Você está realizando o ritual na estação maisadequada?Existem signos e fases lunares que interferem no seu desejo? Se sim, quais?Seu ritual pode esperar o momento mais apropriado para ser feito ou é importanteque ele seja realizado agora para aproveitar a sua força de vontade?Faça uma lista das principais épocas para formular seus pedidos e fazer suasinvocações e rituais por tema.
 Aqui estão algumas relações que poderão ser usadas:LUA CRESCENTE: faz o desejo crescer, dá uma força maior à invocaçãoLUA CHEIA: momento de grande poder, ideal para qualquer invocaçãoLUA MINGUANTE: banir, restringir, diminuir LUA NOVA: banir o mal, quebrar feitiços AMANHECER: Novos inícios, esperança, ampliaçãoMEIO DIA: eliminação da negatividade, força, coragem , poder  ANOITECER: Encerrar algo, concluir, deixar no passadoPRIMAVERA: Despertar, renovar VERÃO: Abundância, socialização, energiaOUTONO: Colher o que foi plantado, reclusãoINVERNO: Parar, restringir, consumar 
6. A FORÇA DA PALAVRA
 As palavras, o ato de conversar e falar existem desde tempos imemoráveis.Palavras têm poder. Elas podem construir, destruir, tumultuar, mudar o rumo dealgo, etc. Elas expressam sentimentos, comunicam acontecimentos. Com elaspodemos criar problemas ou soluções, ofender ou apoiar. Podemos perceber então o quanto o poder das palavras transforma e tece os acontecimentos da vida.Falar adequadamente e se expressar de forma clara, segura e correta quandorealizamos uma invocação ou ritual é imprescindível para o sucesso nosprocessos mágicos.É importante que você conheça os cânticos e invocações tradicionais, bem comocompor suas próprias canções e encantamentos para serem usados em seusrituais invocatórios.Gestos, imagens, símbolos podem ser acrescentados conforme você trabalha opoder de sua palavra para fortalecer mais ainda a sua intenção durante os rituais.VERBALIZANDO O DESEJO:
Crie uma frase que represente o seu desejo e então repita esta fraseininterruptamente, transformando-a em uma melodia.Deixe o cone de poder se elevar, projetando as cenas em sua mente para arealização dos seus desejos ou em direção a imagem da Deidade invocada, criadaem sua tela mental.
 Você pode ainda:
Escolher uma única palavra associada à sua invocação. Faça esta palavra vibrar em suas cordas vocais. Sinta a palavra ressoando dentro de você até que percebao poder que ela carrega. Quando isso acontecer, estará pronto para fazer suainvocação.
Se preferir:
 Após relaxar por alguns minutos, sinta um som espontâneo saindo de dentro devocê. Este som deve estar associado à natureza de sua invocação, pode ser umaexpressão de fundo emocional como um grunhido, uma letra ou sílaba cantadacontinuamente, etc. Depois, faça suas orações ou invocações, sabendo que suaintenção foi ampliada através deste ato
Relaxar é importante:
Relaxe por alguns instantes e então deixe uma expressão verbal sair de vocêespontaneamente. Sinta o poder desta expressão e lentamente comece a realizar gestos que estejam associados ao Deus que você está invocando. Para Ártemis,lance uma flecha imaginária; reproduza movimentos marciais para Marte ou Athena; imagine uma lira em suas mãos e toque-as, enquanto invoca Apollo ouLugh e assim sucessivamente. Faça isso até sentir que a intenção foi bem fixada em sua mente.



Claudiney Prieto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.