Siga por e-mail

Seguidores

sexta-feira, 30 de março de 2012

Contemplação da Aura





Tudo que está dentro é importante, mas tudo que está do lado de fora tem a mesma relevância. Não estou me referindo ao corpo físico como sendo todo importante, mas o campo de energia que permeia e cerca o corpo. Esse campo de energia tem muitos nomes, mas é mais conhecido como Aura.
A Tradição da ioga Kundalini a chama de um campo psíquico elétrico. Seus pensamentos e intenções influenciam de forma direta consciente e inconsciente. Se você aprender a ser mais consciente, terá maior controle da aura e de suas saúdes física e psíquica.
Esse campo áureo traz até você os pensamentos e vibrações que libera. Se você tiver uma energia muito forte nesse campo, ele pode alcançar longas distâncias e trazer para você quaisquer experiência que deseje. Se sua energia for fraca, não irá  atrair os recursos  de vibrações de que precisa para manifestar seu desejos. E ainda pior, se de forma inconsciente emitir pensamentos prejudiciais, irá fazer o mal se manifestar em sua vida.
A Aura é gerada pela interação da energia do seu corpo físico com outras formas de energia pessoal chamada de corpos sutis. São sutis porque não são necessariamente visíveis fisicamente mas podem ser sentidas,
As diferentes camadas de Aura correspondem às energias de sua mente suas emoções e espírito.
Muitas pessoas conseguem ver a aura e receber informações sobre a pessoa ao olhar para a aura delas. Alguns a vêem de forma natural e possuem essa capacidade desde a infância, jamais tendo percebido que outras pessoas não são capazes de enxergá-la.
Para quem trabalha com magia a contemplação da Aura é importantíssima. Precisamos dela para trabalhos de cura ou de leituras psíquicas.
Totalidades diferentes ou insensíveis nos dão indicações diferentes. Um amarelo brilhante pode significar  vontades fortes. Um amarelo pálido e fraco pode significar um metabolismo e energia baixos. O verde-esmeralda pode indicar boa saúde física e vitalidade. Enquanto o verde-oliva não tem essas características. Tudo depende de suas combinações de cores. Diferentemente da fotografia da aura, duas pessoas que a observa podem ver cores distintas e chegar às mesmas conclusões. Eles estão vendo a luz e a energia espiritual não a luz física,portanto ela está aberta a interpretações,mas no geral a maioria verão cores semelhantes.




Desobstrução da Aura

Cuidado e manutenção são essenciais se desejarmos que qualquer coisa dê certo, inclusive com a Aura. Como você Pode ver a Aura possui muitas informações importantes para nós e ajuda em nossa magia, sabermos como controlá-la e curá-la é um passo muito importante na conquista do auto-poder.
Nós não aprendemos como fazer para manter nossa aura saudável em nossa educação tradicional. Na verdade nossa sociedade nem ao menos promove nossa saúde energética. O limite de nossa aura é como um ovo ou esfera. A energia dos pensamentos, intenções e palavras, a nossa própria e aquelas que nos são direcionadas, pode danificar esse limite, deixando que vibrações indesejadas entrem.
Você pode não ter uma fronteira resistente, energética ou pessoal. Esse dano é curado com o tempo, mas pode curar-se com muito mais rapidez com nossas intenções.
Formas de pensamentos são basicamente construções de energia que criamos com nossos pensamentos e intenções.
Quando você sente vergonha, raiva, ódio ou medo, reflete, esse sentimento de volta para si ou aceita julgamentos sobre si mesmo de outras pessoas criando energia pesada.
Declarações que fizemos como: Eu não sou bom o suficiente, Eu não sou bonita, eu não sou feliz... Essas declarações criam forma de pensamento em sua Aura. Elas tocam repetidas  vezes, como um disco arranhado, subconscientemente lhe passando essas mensagens, até mesmo quando a situação não é tão ruim assim.
Afirmações diárias criam forma de pensamentos positivo. A neutralização também no impede de criar esses pensamentos repetidos .
Procurar ter exercícios diários de afirmações e neutralizações o fará a se policiar quanto a pensamentos negativos  e com o exercício diário dos mesmos o levará automaticamente a uma mudança de hábito.
Isso não solucionará 100% seu problema, pois muitos de nós possuem uma aura carregada que vêm conosco de outras vidas, questões antigas que não foram resolvidas.





As cordas
A última questão importante da falta de equilíbrio é a das cordas de energias não-saudáveis. Uma corda é uma ligação energética, um circuito que conecta você a outra coisa de uma forma não-adequada. Pense na corda como um canudo e você estará deixando alguém ou alguma coisa drenar sua energia, sugando-a através do canudo, ou estará sugando energia de uma outra coisa. A corda pode agir como uma corrente, impedindo com que você se solte ou prossiga.
A maioria das cordas nos amarra a alguém em nossa vida com quem temos negócios não-resolvidos e geralmente a um relacionamento Inadequado.. Como inadequado não me refiro a um julgamento moral, mas a uma relação que Não estava baseada na sua própria alegria sincera. Essas pessoas podem ser amigos, membros da família, colegas de trabalho ou antigos amantes. Você pode até ter algumas cordas com amigos e amantes atuais das quais são excelentes. Mas no passado provavelmente existiu uma questão da qual criou essa corda, elas naturalmente se dissolvem, de uma forma muito parecida com um tecido de uma cicatriz que com o tempo desaparece, mas você pode acelerar o processo por conta própria, sem criar sinais e evitar tanto desgaste e sofrimento.
As cordas também podem ser formadas com lugares de sua vida ou momentos do seu passado nos quais você liberou energias demais. Se você vive em um certo local ou tempo, perde energia para ele, porque não está usando esta energia para seu tempo presente. Lembranças e nostalgia são aceitas, mas não se elas impedem que você crie novas lembranças. Outras cordas são ligadas a lugares em que viveu abusos ou violência no passado.
Em todos os casos a dissolução suave das cordas e a cura de todos os danos que elas criam é vital para levar uma existência mágica  responsável. Quanto as cura, você pode ou não saber o que cada corda estava prendendo. Geralmente o conhecimento traz a consciência, mas muitas vezes não sabemos o que está se passando.A corda ainda assim é curada, mas depois de muito dor, mágoas, angustia e sofrimento.
Através de trabalhos de meditações de desobstrução da aura, trabalho de equilíbrio dos chacras vc pode curar uma corda.






Exercício  Desobstrução Áurica


Essa meditação pode trazer à tona alguns sentimentos difíceis para processar e eliminar conforme dá seqüência ao seu caminho mágico. Você poderá ter uma liberação emocional. Não é nada anormal termos pessoas chorando com lágrimas de dor ou de alegria, fazendo ruídos e sons, rindo ou sentindo-se um pouco zonzas.
Durante a meditação, você poderá sentir-se como se estivesse emitindo sons ou algum tipo de ruído como uma forma de liberação. Por favor, não os reprima. Siga sua intuição. Alguns apagam a experiência por completo e se perguntam se pegaram no sono. Eu verdadeiramente sinto que temos espíritos guardiões e também espíritos de cura, que vêm nos ajudar nessas situações, através de acontecimentos que são difíceis de serem suportados naquele momento. O sono indica que eles estão trabalhando conosco em nível profundo. Guias espirituais serão estudados em detalhe nos capítulos 13 e 14. [O autor foi um índio americano em uma vida anterior, daí falar desse jeito incomum.]
Se essa experiência for difícil para você, por favor procure o auxílio de cura de um praticante qualificado. Seu trabalho com o diário e meditações diárias podem ser muito terapêuticos, mas às vezes precisamos de auxílio externo.
Comece com a Contagem Regressiva de Cristal.
Esteja ciente de sua própria aura, uma forma de ovo ou esfera ao redor de seu corpo. Todos a percebem de uma forma diferente. Você pode sentir a energia da aura se movimentando ao seu redor, especialmente em termos de temperatura ou resistência magnética. Pode fisicamente vê-la ao seu redor mesmo com os olhos fechados. De que cor ela é, e o que essa cor significa para você? Você nota qualquer padrão anormal de cor, ou lugares que parecem fora de equilíbrio? Permita-se receber as informações. Esteja ciente da energia ao seu redor.
Estabeleça-se visualizando um raio de luz, de qualquer cor que lhe pareça correta, descendo por sua espinha para o centro da Terra. Sua aura irá parecer um balão sendo amarrado embaixo, impedindo que ela vá para longe. Esse sentido de fundamento é muito importante antes de fazer o resto da meditação. [Ou seja, “Concentre-se e Centre-se”.]
Verbalize a intenção de que você deseja “desobstruir completamente a aura de qualquer mal”, e peça para que essa desobstrução aconteça com “facilidade, graça e suavidade”. Peça para seus guias de cura que o ajudem. Peça por amor e orientação da Deusa e do Deus.
Olhe a aura de perto. Analise-a do topo à base, sentindo quaisquer rachaduras e rompimentos. Procure por vazamentos na aura por onde você possa estar liberando força de vida importante ou permitindo que outras energias entrem para infectar você. Eles odem parecer lugares frios ou “ventosos”. O evento que criou esse buraco pode estourar em sua mente, fazendo com que você lide com os sentimentos associados a ele. Quando achar essa área, imagine-a enchendo-se com uma bola de luz branca. A luz branca enche o espaço como gesso sobre um buraco em uma parede. Deixe que a luz branca se altere para qualquer cor que seja adequada para aquela parte de sua aura. Continue esse processo até que você vede todos os buracos na aura.
Novamente examine a aura de cima até embaixo, dessa vez procurando por quaisquer formas-pensamento indesejadas. Elas irão surgir como áreas de densidade, massas escuras com aparência não-saudável flutuando no campo áurico, como lixo boiando na água. Quando encontrar uma, fisicamente alcance-a e “agarre-a”. Quando fizer isso, o programa, ou pensamento que o está criando, torna-se aparente, fazendo com que você mentalmente e emocionalmente o libere. Encha a forma-pensamento com luz branca, empurre-a para fora da aura e dissolva-a em uma explosão de energia. Tenha a intenção e ordene que as formas-pensamento saiam de sua aura conforme elas se dissolvem. Continue esse processo até que tenha liberado todas as formas-pensamento nocivas da aura.
Como último passo da desobstrução áurica, examine a aura e o corpo procurando quaisquer cordas e raios de energia que ligam você a alguém ou algum outro lugar. Fisicamente estique o braço e “agarre” a corda, e a ligação geralmente lhe é revelada. Observe onde a corda está na aura. A localização será uma pista para o tipo de mal que ela está lhe causando. As cordas no coração indicam emoções. As cordas na barriga são geralmente medo ou sexualidade. Cordas na garganta são problemas de comunicação. Cordas nas costas significam questões de confiança. Quando estão na lateral direita, indicam questões masculinas, e na esquerda, questões femininas. Quando você encontrar uma corda, puxe-a para fora com cuidado. A corda pode estar presa em seu corpo ou na aura, no espaço ao redor do seu corpo. Abençoe e libere o que quer que esteja preso à corda. Faça isso com intenção de amor e cura, não de raiva ou maldade. O ressentimento é um sentimento comum, especialmente quando nos desligamos de uma relação abusiva, mas você está entrando agora em sintonia com o seu poder. Deixe-a sair o máximo possível. Puxe a corda para fora e envie luz branca tubo abaixo, dissolvendo-a com segurança, não causando nenhum mal a você nem à pessoa que esteja do outro lado da corda. Libere-as dizendo “Blessed be.”. Preencha todos os buracos criados em seu corpo ou aura com luz branca, fazendo com que ela mude para a cor adequada. Continue esse processo até que tenha desobstruído todas as cordas. As cordas reveladas a você agora são os problemas que você está preparado para eliminar. Verifique todos os lados, em cima e embaixo de você.



Fonte: O Templo Interior da Bruxaria

8 comentários:

  1. Alana...
    Tenho acompanhado a pouco tempo seu blog, eu estava em busca de materias e explicacoes sobre a Arte e a Wicca que sigo de coracao... Nao sei por que mas senti em meu espirito a vontade de comentar no seu blog... Bom sigo a Wicca a 2 anos... Nas sinto a Deusa em mim desde pequena so nao sabia me expressar.. Hoje sei que este e meu caminho e sei que fui escolhida pela Deusa para seguir este caminho tao belo e cheio de paz... Alana a uns meses tentei fazer uma auto regressao... Acabei.pegando no sono, mas... Desde aquele dia tenho tido pensamentos e breves lembrancas de uma vida anterior minha... Numa delas me vi queimar numa fogueira.. Senti dores... Medo.. E muitas outras sensacoes... Hoje me me sinto um pouco confusa... Nao no caminho que eu escolhi seguir e sim nas coisas que andam acontecendo aqui dentro de mim... Peco sua ajuda e seu conselho se assim puder...
    Agradeco desde ja
    Blessings

    ResponderExcluir
  2. Oi Roxane, tudo bem?
    Se você sente em seu coração que este é seu caminho, siga sem medo! Ler milhares de livros de autores diferentes nos deixa um tanto confusa, por que eles se contradizem. Te indico o Gerald Gardner, O Claudiney Prieto e os do Christopher Penczac são os melhores. Eles ensina desde a história da bruxaria até a auto-iniciação. Estudar em um coven (grupo de bruxas) também é muito bom. Desde que vc ache um sério. Tenha cuidado com pessoas exploradoras que só querem ganhar seu dinheiro. E cobram um valor exorbitante. E outras que se dizem iniciadas, mas mentem. É difícil saber. Mas busque informações a respeito desta. Eu sigo hoje sozinha, porém já frequentei covens, e não os indicariam à vc, porque percebi que muitos só te dão valor enquanto vc está pagando a eles. Procure ler, ver vídeos no you tube, tem muitos legais. Se vc mora em São Paulo, pode procurar estudar com o Claudiney Pietro, é o único bruxo sério que conheço. E que vale a pena estudar. Os valores são bem em conta mesmo. E ele é super respeitado. Se vc mora fora de São Paulo e na sua cidade não tem nenhum grupo de estudos, estude sozinha mesmo. Quando recebemos o chamado da Deusa, tudo de mágico começa a acontecer em nossas vidas, basta se praticar a arte. E eu estarei aqui, se caso venha a precisar da minha ajuda. É só postar que tirarei suas dúvidas,ok?
    Se vc tem sonhos desse tipo que citou, e sensações, tenha certeza que vc é uma de nós.
    Abençoada seja!

    ResponderExcluir
  3. Alana agradeço imensamente por você ter me dado um tempinho da sua atenção respondendo ao meu comentário... Eu moro em são paulo e tenho o claudinei prieto adicionado em meu facebook. Não sabia que ele dava cursos... Agora que sei posso me empenhar.. Apesar de me manter solitária pode ser de grande ajuda. Meu anjo queria perguntar se posso postar alguns de seus posts na minha page que e direcionada apenas as bruxas.
    Independente da redposta agradeco desde ja
    Blessings

    ResponderExcluir
  4. Oi Roxane, tudo bem? Sim, o Claudiney dar cursos, através da Marisa Petcov, ai está o face dela.
    https://www.facebook.com/Bruxama?fref=pb&hc_location=friends_tab

    Claro que pode postar. Tem alguns textos aqui que não são meus, ai coloca a fonte abaixo.;)
    Caso não tenha, pode postar também, ás vezes alguns textos não tem as fontes.
    Adorei saber que vc tem uma page. Me passa o link?
    Olha estou no face, se quiser me add, https://www.facebook.com/alana.alencar
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Alana, agradeco por autorizar eu a postar suas materias, ja enchi minha page com coisas suas.. Alguns esqueci de por as fontes mas acho que nao tem problema.. Anjinho o nome da minha page e www.facebook.com/segredosdeumabruxa espero que goste e seja bem vinda

    ResponderExcluir
  6. Oi Roxane, obrigada. Mas em relação a fonte peço que coloque quando houver. Tipo se for minha ou de terceiros, para que não aja da parte deles complicações futuras.;)
    é que já houve vários problemas no face a respeito. Embora não comigo. Mas uma tal de Meire, já teve até que pagar direitos autorais. Estou até revendo as minhas postagens quanto a isso. Abençoada seja!

    ResponderExcluir
  7. Olá Roxane bom dia! Tudo bem? Tenho visto muitos textos do blog por ai, e o pior sem fonte nenhuma. Então por essa razão estou bloqueando o bloq para tais possibilidades. Como já te autorizei a postar, sem problemas, ok? Como te disse, desde que por favor coloque a fonte para maiores problemas futuros, para nós duas. Como falei também, estou revendo postagens que esqueci de colocar a fonte. Não quero ter dor de cabeça com plágio e as pessoas são cruéis. Quando vc se interessar por alguma postagem, me fala que te autorizo e passo pra ti.
    Espero que compreenda. Abençoada seja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você Alana. Chato isso. As pessoas querem se escora nas outras. Gente pesquisem! Estudem. É muito feio vc pegar algo de alguém e não colocar a fonte. Pra dizer que é seu. E fora que isso dá um processo dos grandes.
      Reveja sim Alana os posts, vc está certíssima. O que não tiver fonte ou vc não souber coloque "Desconheço a autoria" Fica muito mais ético assim. Vc é uma pessoa maravilhosa. Adoro seu blog e postagens.

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.