Siga por e-mail

Seguidores

sábado, 24 de março de 2012

Iniciação na Wicca e autoiniciação


O que é a iniciação?
Iniciação é o nome dado a um processo mágico-religioso que transforma o neófito em Sacerdote, ou seja, com a iniciação o dedicado que antes era um estudante agora passa a ser um sacerdote da Religião. A iniciação é também o momento em que o dedicado recebe um selo, um chave, para poder acessar a egrégora da tradição na qual foi inserido.
O que é preciso para alcançar a iniciação?
Para ser iniciado na WICCA é necessário que se estude com muito empenho a filosofia, a teologia e a liturgia desta Religião até alcançar um grau satisfatório de conhecimento, para tanto deve-se adquirir livros sérios feitos por sacerdotes da Religião, ler websites sobre o assunto, trocar idéias com outros estudantes e sacerdotes e quando possível receber treinamento em um coven.
Quando o adepto sentir que está pronto e alcançar resultados em suas práticas e interação religiosa para ser um(a) Wiccano(a) - aceitando todos os princípios e regras da WICCA – Ele vivenciará um período chamado ‘Dedicação’ que corresponde a preparação do corpo, da mente e do espírito para que se torne um sacerdote pleno após sua iniciação.
O que é e como funciona a Dedicação?
A dedicação é um período de aproximadamente 1 ano em que o neófito (estudante) dedica-se exaustivamente às práticas e celebrações da Religião como forma de amadurecer para alcançar o sacerdócio.
Neste período o dedicado celebra todos os Sabbaths, todos os Esbbaths, executa ritos e ritualísticas individuais, conclui exercícios para que ele alcance um bom controle energético, uma boa capacidade de meditação, de concentração e visualização. Além, é claro, do dedicado ampliar e fortalecer a sua interação com as divindades.
Existem dois caminhos para neófito seguir na atualidade: o Caminho Solitário – quando este não encontra COVENS em sua região ou não deseja praticar em grupo; e o Caminho Tradicional – Onde o neófito é aceito, treinado e pratica em um coven de uma tradição específica na qual ele se sentiu atraído.
Muitas vezes é preciso passar por mais de um período de dedicação para alcançar a maturidade necessária à iniciação.
Como receber a iniciação?
Assim como existem duas formas de seguir a WICCA – Solitariamente ou através de uma Tradição – existem também dois tipos de iniciação:
- Auto-iniciação quando for solitário.
- Iniciação Formal investida por um Sacerdote experiente da tradição escolhida.

 A auto-iniciação corresponde a uma ritualística feita pelo solitário que já pratica e vivencia a WICCA há muitos anos e que deseja firmar um compromisso perante os DEUSES e a comunidade Wiccana em geral. O auto-iniciado não pertence a nenhuma tradição e não pode, de modo algum, iniciar alguém em uma tradição, pois, independente do estudo que tenha feito, ele em nenhum momento fez parte de uma tradição para querer ou poder responder por ela.
Sendo assim, um auto-iniciado é sacerdote de si e pode, no máximo, auxiliar outros solitários ou auto-iniciados a seguirem tal caminho com maior seriedade através da troca de conhecimentos.

A iniciação formal é adquirida através da aceitação e convivência dentro de um coven de alguma tradição específica. Cada tradição, normalmente, possui pequenas diferenças para treinar e iniciar seus sacerdotes, tais diferenças estão presentes no tempo que demoram os estudos e a dedicação, nos mecanismo utilizados no RITUAL de iniciação e na hierarquia sacerdotal, onde alguns seguem hierarquias e outros não.
Um iniciado formal pode iniciar outra pessoa, porém somente na tradição da qual ele faz parte. É possível também a um sacerdote que alcançou o maior grau hierárquico de sua tradição.
Sacerdotes de tradições mais antigas, principalmente Gardnerianos, definem que a auto-iniciação não tem validade, devido a falta de transmissão de poder e linhagem, onde o neófito não vai receber o treinamento - oral e prático, correto para adquirir conhecimentos específicos da religião que não são divulgados em livros ou sites. Além de não possuírem os selos para acessarem e passarem pelos Guardiões. É importante respeitar essa opinião, mas também é interessante saber que ela não é unânime nem mesmo na comunidade Gardneriana.

A iniciação é uma passo de muita responsabilidade e comprometimento.
Há aqueles que acreditam que sendo Bruxos, se iniciando podem voar e transforma ex namorados em sapos, acredite! Outros que depois de se iniciar, enjoando podem simplesmente desistir, abandonar e seguir um outro caminho




Ao fazer uma iniciação, suas necessidades são atendidos quase antes de você os expressar,ou mesmo perceber que os tem, a adivinhação torna-se quase uma segunda natureza,pois é assim que eles lhe falam. Quando surge a necessidade de lhe dizerem alguma coisa, eles lançarão mão de qualquer meio disponível. Podem ocorrer visões espontâneas em nuvens, fumaças, fogo, cartas, água, vento, cristais e assim por diante. Não será necessário sempre elaborar os rituais, mas a través da meditação o ajudará a focalizar a atenção. Por isso bato na tecla o quanto é importante a meditação em nossos estudos.
Alguns praticantes usam como auxílio seu animal de poder, durante as viagens para um outro mundo. Também os elementais estão próximos e são seus parentes, Eles ajudarão nessa conexão. Mas vcs tem que ter em mente que nos casos dos elementais estamos nos dando com forças poderosas, as forças da natureza como ventos, trovões, chuvas ou fogos consumidores e a terra turbulenta e tempestuosa. Jamais consideres os elementais que são grandes poderes como pequenas criaturas, pois eles não são. Os elementais são forças e não os agrada muito serem diminuídos. Lembre-se de quem e com que está trabalhando sempre, e por esta razão não se deve “convocar” ou “banir” os poderes elementais dentro do círculo.  Eles são convocados para guardar e testemunhar o rito, e quando terminar a cerimônia, eles são abençoados e liberados em paz.
Outros não caem em armadilhas, eles são a própria armadilha...rs
Há pessoas, por exemplo, os que acreditam que a iniciação os transformam em bruxos (as) poderosos (as), capazes de voar em vassouras ou transformar namorados(as) em sapos. Outros acham que após a iniciação, se enjoar da religião, basta abandonar e seguir outro caminho. Ou ainda, aqueles que julgam ter "virado" um hiper super bruxo(a) porque foi iniciado por um mestre ou porque realizou passo-a-passo a receitinha básica extraída da internet. Ahhh... ia esquecendo daqueles que compram roupas pretas de grifes famosas, adquirem seus pentagramas em ouro e dizem: "pronto! sou um bruxo iniciado."
A verdade é que os "achismos" e os enganos são os mais variados possíveis. Talvez fruto dos filmes e livros comerciais que invadiram nossos lares nos últimos anos. Ou de pessoas inescrupulosas que vendem a idéia de cursinhos "fazedores de wiccanos instantâneos" .
E depois do filme Harry Potter, trilhões de pessoas apareceram, querendo "VIRAR BRUXOS", sem se preocupar , no mínimo, em saber o que significa a palavra "BRUXO(A)".
O que aparenta ser simples, não o é! A iniciação (falaremos aqui, da iniciação na wicca, mas, acredito que é perfeitamente aplicável a toda e qualquer religião) na wicca é um passo muito sério. Exige alto grau de consciência e responsabilidade. Exige, pelo menos (não é o ideal) um conhecimento básico, do básico, como a, e, i, o u... Este conhecimento básico, do básico é saber, por exemplo: O que é a wicca? de onde vem? Quem é a Deusa? Quem é o Deus? O que é a Lei Tríplice? Quais os Rituais que devem ser realizados? Por que? Onde? Como? Quando?
Além disso, o candidato à iniciação precisa estar consciente de que o processo iniciático não cessa após a iniciação, mas sim, perdura para o resto de seus dias (dessa e das outras vidas que virão). Isso significa que após a iniciação, o iniciado deverá continuar seus estudos, praticas, observâncias, apurando seus sentidos... caso contrário, será uma iniciação infrutífera, à toa, banal, sem qualquer propósito ou resultado. Bem, resultado pode haver, mas por descontentamento da Grande Mãe!
Uma iniciação "à toa" ou impensada, pode causar de desastres de várias sortes. A desistência, pura e simples e/ou com descaso, dos caminhos mágicos após a iniciação pode ser mais desastrosa ainda.
É comum lermos em sites e livros sobre como fazer a iniciação, mas, é muito difícil lermos, nos mesmos, sobre os cuidados acerca desse passo.
Difícil lermos, por exemplo: que a velha frase "Uma vez Bruxa, para sempre será uma" não é um velho ditado popular, mas, sim, uma verdade. Além disso, o abandono da religião, poderá levar a sentir sobre seus ombros o peso da traição, da sua atitude irresponsável e desrespeitosa para com os Deuses. Assim, poderá vir a ser atacado por energias ou elementos astrais. Tais consequências estão relacionadas ao fato de que a decisão precoce e irresponsável pode ser encarada pelos Deuses como um ato desrespeitoso, traidor, e por aí vai.
A wicca é muito mais séria do que talvez você tenha achado... Ela não tem espaço para achismos. Apesar de ser suave, é séria e exige certezas sobre tudo o que vamos fazer em nome dela. Aquele que pratica qualquer ato sem o conhecimento necessário, sem responsabilidade, ou com fins egoístas, corre o sério risco de afundar em um poço de lama. Por outro lado, aquele que se inicia com o conhecimento e a certeza devida, será coroado com satisfação interior e plenitude de sua vida.
Responda sinceramente: Você sabe o que é a iniciação?
Longe da intenção de esgotar o tema, lanço poucas palavras sobre o assunto, apenas para que tenha o básico, do básico, cabendo a você, aprofundar o assunto.
Pois bem. INICIAR - do latim, iniciare é o ato de introduzir alguém no conhecimento dos mistérios de uma religião.
A iniciação tem o objetivo de fazer com que o iniciado olhe para dentro de si e comece a percebera abertura do seu interior. A iniciação, quando feita de forma consciente, é capaz de despertar no iniciado novas faculdades como: telepatia, clarividência e/ou desenvolver habilidades já existentes e conhecidas, porém, não exploradas, ou ainda, despertar as existentes, porém adormecidas. Isso, numa visão particular, pode ser encarado como um presente.
Quando alguém opta pela iniciação, significa dizer que decidiu e deu o primeiro passo para se tornar, no caso, wiccano, já que é através dela que ASSUME SEU COMPROMISSO COM A MAGIA E COM O GRANDE CASAL. É, pois, o compromisso que declara, abertamente, que obedecerá a Rede, ou seja, a única regra da wicca: "SE FOR PARA O BEM, FAÇA O QUE QUISER." Tal regra significa, resumidamente, que o iniciado concordou em:
1. obedecer essa regra;
2. de praticar a magia da maneira correta, seja através do pensamento, ato e/ou palavra;
3. sempre visar o bem maior em suas práticas mágicas;
4. agir com integridade;
5. responsabilidade;
6. manter-se longe do egoísmo;
7. manter-se longe da vingança; etc
A iniciação é o voto que o iniciante faz, que marca a morte de uma vida e o nascimento para a nova. É o ato "que abarcará todos os aspectos da alma e conferirá a capacidade de fazer ligações profundas..." (SALLY MORNINGHSTAR) do seu Eu com a Divindade.
Uma vez exposto o que é a iniciação, fica aqui alguns conselhos (siga-os se quiser - lembre-se, sempre e acima de tudo, siga seu coração, em tudo. Ele é o melhor conselheiro):
1. Antes de decidir pela iniciação, pense em fazer a dedicação por ano e um dia, para conhecer e obter a certeza necessária para um passo tão importante.
2. Fique atento a tudo que falam. Apure seu censo crítico. Questione, pense, selecione e após todo esse processamento, tire sua própria conclusão. Essa será sua verdade.
3. Desconfie daquele que afirma ser detentor da verdade wiccana.
4. Lembre-se que o melhor iniciador é VOCÊ MESMO.
5. Só se inicie se estiver 101% convicto. Se estiver convencido apenas 99,9999% não se inicie.


3 comentários:

  1. se alguem quiser trocar informações sobre magia, entre em contato comigo,no e mail bobfreitas01@hotmail.com obs; tem que no minimo acreditar e vivenciar o nosso universo mistico,trabalho com taro radiestesia e magia a 20 anos,não cobro nada ou me liga 7391065053 tim,acredite o fato de voce ler isso é porque estava escrito, e eu ja esperava por voce...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero min inicia pode min ajuda? tem uma voz que grita dentro de min.

      Excluir
  2. Olá, gostaria de saber se existe e aonde, celtas no Brasil e América do Sul ! Obrigado !

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.