Siga por e-mail

Seguidores

quarta-feira, 7 de março de 2012

O Tabuleiro Ouija ou Tábua Ouija,






O Tabuleiro Ouija ou Tábua Ouija, criado para ser usada como método da necromancia, é qualquer superfície plana com letras, números ou outros símbolos em que se coloca um indicador móvel, utilizada supostamente para comunicação com espíritos.
Os participantes colocam os dedos sobre o indicador que então se move pelo tabuleiro para responder perguntas e enviar mensagens. Na verdade, há um jogo de tabuleiro registrado no Departamento de Comércio estado unidense com o nome de Ouija, mas a designação passou a servir a qualquer tabuleiro que se utiliza da mesma idéia.
No Brasil, há uma variante conhecida como a brincadeira do copo ou o jogo do copo, em que um copo faz as vezes do indicador para as respostas. Existem também apoios para a utilização de lápis durante as sessões.
Origem
O princípio em que se baseia o tabuleiro Ouija ficou conhecido depois de 1848, ano em que duas irmãs norte-americanas, Kate e Margaret Fox, supostamente contactaram um vendedor que havia morrido anos antes e espalharam uma febre espiritualista pelos Estados Unidos e Europa. Há também indícios de que o princípio teria sido aperfeiçoado por um espiritualista por volta de 1853, chamado M. Planchette, que teria inventado o indicador de madeira que é utilizado até hoje.
Cientistas e céticos em geral atribuem o funcionamento do tabuleiro Ouija ao efeito ideomotor. Segundo eles, as pessoas participantes da sessão involuntariamente exercem uma força imperceptível sobre o indicador utilizado, e a conjunção da força exercida por várias pessoas faz o objeto se mover. O físico inglês Michael Faraday realizou experimentos que provaram que movimentos inexplicáveis (nesse caso, das mesas girantes) atribuídos a fontes ocultas eram na verdade realizados pelos participantes dos experimentos.
O mágico ilusionista e cético americano James Randi cita em seu livro An Encyclopedia of Claims, Frauds, and Hoaxes of the Occult and Supernatural que, quando vendados, os participantes do tabuleiro Ouija não conseguem produzir mensagens inteligíveis.

 Explicação espiritualista

Alguns espiritualistas que acreditam que é possível fazer contato real com o mundo dos mortos argumentam que vendar os olhos dos participantes da mesa prejudica suas supostas capacidades mediúnicas. A idéia que fundamenta o argumento é que o espírito utilizaria os sentidos do participante durante as sessões. A maioria dos adeptos dessa teoria acredita que o tabuleiro não tem poder em si mesmo, servindo apenas como ferramenta para o médium se comunicar com o mundo dos espíritos
Críticas
Além das tradicionais críticas dos céticos, o tabuleiro Ouija também é criticado entre os espiritualistas. O famoso Edgar Cayce declarou-os perigosos. Críticos avisam que maus espíritos poderiam enganar os participantes e possuí-los espiritualmente.
No meio especializado, há diversos avisos contra o uso do tabuleiro por pessoas desavisadas. Há também notícias de tablóides relatando casos de suposta possessão demoníaca em decorrência de sessões envolvendo espíritos malignos.
A Igreja Católica é crítica com o tabuleiro e a brincadeira do copo, assim como as experiências de seus fiéis na busca pelo contato com os mortos, em geral. A recomendação dos padres é que os fiéis se mantenham distantes de participações nesse tipo de evento .
Da mesma forma, Igrejas Evangélicas costumam acusar essas práticas como "brincadeiras com demônios" .
A doutrina espírita orienta n'O Livro dos Médiuns que estas práticas devem ser evitadas uma vez que, normalmente, são utilizadas para curiosidades em geral e perguntas vãs apenas, longe da seriedade exigida no intercâmbio com a espiritualidade benfeitora, e, dessa forma, é mais provável a presença de espíritos levianos e zombeteiros, sem nenhum interesse com a verdade e com a dignidade, do que espírito bons e esclarecidos comprometidos com a divulgação das propostas morais e éticas da Vida.
 Observações
O tabuleiro não necessita propriamente de ter um formato retangular, muitos tabuleiros de Ouija são em formato circular. Em vez do ponteiro, pode utilizar uma moeda ou um copo de vidro, sendo este último não aconselhável devido ao facto do espírito poder vingar-se utilizando o copo, precisamente por este ser de vidro.Predefinição:Fonte duvidosa?
 Aparições famosas
  • Apareceu logo no início do da série Diários do Vampiro de L.J Smith, onde a personagem Bonnie, uma suposta médium, tenta se comunicar com a amiga Elena após sua morte.
  • Apareceu no clipe Memórias da cantora Pitty, onde ela e sua banda entram em uma casa abandonada e fazem o jogo do copo, até que aparecem espíritos.
  • Na série Televisiva "Charmed", o aparecimento é constante desde o epísódio piloto.
  • O escritor G. K. Chesterton utilizou um tabuleiro Ouija durante um período de depressão e ceticismo e depois disso passou a ser fascinado pelo ocultismo.
  • Brandon Flowers, vocalista da banda The Killers, utilizou o tabuleiro e passou a ter medo do número 621. A data também se relaciona com o dia de seu aniversário, 21 de junho.
  • No filme O Exorcista de 1973, Regan Macneil é possuída depois de utilizar um tabuleiro Ouija.
  • Na serie televisiva Sobrenatural, Sam usa um tabuleiro Ouija para se comunicar com seu irmão Dean quando este se encontrava em coma.
  • Tambem na serie televisiva Assombrações do Discovery Channel, uma medium usa o tabuleiro para falar com um espirito demoniaco chamado Aloysius
  • Na série de TV O Mundo Perdido o tabuleiro Ouija é usado por todos os personagens para se comunicar co Ned Malone no mundo espiritual até quando chega um deus de uma das tribos que habitavam o platô ameaça-os com facas sem que nenhum perceba até Ned indicar as letras da palavra CUIDADO
  • No Clipe Memórias (canção) da Pitty,usam o tabuleiro num cemitério
  • O guitarrista da banda estadunidense Metallica, Kirk Hammet, possui uma guitarra com o fundo caracterizado como um tabuleiro de Ouija.
  • No filme Atividade Paranormal de 2008, as personagens tentam contato com um suposto fantasma ou demônio utilizando este tabuleiro.
  • Na série de TV Kyle XY, Kyle tenta descobrir coisas sobre o seu passado utilizando um tabuleiro ouija.
  • Na série YuGiOh!, o personagem Bakura utiliza uma carta com o tabuleiro, fazendo o monstro Necrófaga das Trevas escrever a palavra FINAL. Se a palavra tivesse sido completada, Yugi teria perdido o duelo automaticamente.
  • Na série Friends, no episódio 14 da 3ª temporada, as personagens Phoebe Buffay e Mônica Geller aparecem jogando logo no início do episódio, mas o assunto não é explorado pela série.
  • No filme Amityville 3 de 1983, com as personagens Lisa Meg Ryan, Susan Baxter Lori Loughlin e Melanie Candy Clark.
  • No cd The Drug in Me Is You da banda Falling In Reverse existe uma faixa chamada "Don't Mess With Ouija Boards"
  • O guitarrista da banda Black Veil Brides tem uma guitarra em que aparece o tabuleiro de ouija, no video clip Perfect Weapon
  • No jogo Castlevania Symphony of the Night, em Marble Gallery, e possível encontrar um inimigo chamado "Ouija Table", que é uma mesa flutuante
  • Em Supernatural Sam usa para se comunicar com Dean, que estava em coma pelo acidente de carro que foi sofrido pela dupla e seu pai.
  • Na música "Ouija board, Ouija board" faixa do disco Bona Drag, o cantor Morrissey, explora o assunto de uma forma doce. Na letra da musica, a utilização do tabuleiro tem a finalidade de matar a saudade de uma pessoa querida que se foi
·         No filme O Exorcista, uma rapariga é possuída após brincar com um tabuleiro de Ouija, um quadro de plástico ou de madeira, com as letras do alfabeto e números e algumas respostas básicas, como sim ou não. Ao se perguntar coisas ao tabuleiro, espíritos fazem mover um ponteiro ou um copo e apontam as respostas.
·          
·         Nos anos 60, muitas pessoas tornaram-se obcecadas pelos tabuleiros de Ouija, a ponto de fazer suas vendas crescerem mais do que os mais famosos jogos do momento.

Os tabuleiros de Ouija foram desenvolvidos originalmente nos Estados Unidos por William e Isaac Fuld por volta de 1900, adaptados de uma versão europeia de 1850.

Este tabuleiro é um instrumento paranormal e deve ser encarado com o devido respeito, sendo talvez o mais controverso método de comunicação com os espíritos, principalmente porque pode ser usado por qualquer um sem qualquer preparo ou cuidado especial. Assim, seu uso não é recomendado, pois pode provocar fenómenos mediúnicos sem a presença de um médium experiente.

Um outro factor que desaconselha o uso do tabuleiro de Ouija é que os mesmos podem colocar um utilizador desprevenido em contacto directo com espíritos de baixo padrão moral, pois são estes que se apressam em atender aos chamados dos desavisados e descrentes.

Normalmente estes, no início, fornecem informações correctas que podem ser confirmadas. Uma vez estabelecido um elo de confiança, passam a zombar do utilizador do tabuleiro, dizendo coisas sobre o futuro que podem comprometer sua tranquilidade.

O uso do tabuleiro de Ouija deve ser feito no mínimo por duas pessoas, reunidas numa mesa onde todos possam estar próximos.

Os utilizadores devem então colocar o dedo levemente sobre o ponteiro e convidar um espírito para tomar parte na sessão.

A partir daí devem fazer-se as perguntas ao espírito de uma maneira repetida e vagarosa. Se algum espírito atender ao chamamento, o ponteiro mover-se-á lentamente letra por letra, até formar as palavras e a resposta.

Muitos caçadores de fantasmas crêem que o ponteiro se move pela força dos presentes combinadas com a do espírito que se apresenta, quer seja ele bom ou mau.

Através dos anos, o tabuleiro de Ouija tem sido associado a um instrumento do Mal, especialmente por pais e grupos religiosos que afirmam que os jovens ficaram "possuídos" após o seu uso. Aparentemente, espíritos mal-intencionados que se fazem passar por bons espíritos têm causado a possessão de crianças e danos emocionais em adultos (até mesmo o suicídio) que usam o tabuleiro de Ouija.

Existem muitos casos onde as pessoas acabam por ficar obcecadas pelo uso do tabuleiro, tornando-se dependentes dele para qualquer decisão que venham a tomar

Regras Para o Uso de Ouija

- Nunca inicie uma sessão sozinho. São necessários no mínimo duas pessoas.

- Nunca permita que os espíritos levem o ponteiro para as extremidades do tabuleiro de forma que possam sair dele dessa forma. É assim que ocorre a possessão.

- Se o ponteiro se mover para os quatro cantos do tabuleiro significa que o espírito contactado é mau.

-  Se a sessão for numa mesa ou local onde o tabuleiro fique elevado: se o ponteiro cair ao chão, o espírito é perdido.

- Se o ponteiro apontar o número oito repetidamente, um espírito mau está no controle do tabuleiro.

- Se desejar contactar um mau espírito, vire a tábua com as letras na posição invertida e utilize-a assim.

- O tabuleiro deve ser fechado correctamente após a sessão, ou o espírito pode revoltar-se e assombrar os utilizadores.

- Nunca use o tabuleiro de Ouija quando estiver doente, enfraquecido ou sobre o efeito de alcool ou drogas, tendo em vista que estas situações o mantém vulnerável à possessão.

- Não fazer do uso do tabuleiro de Ouija uma rotina. Os espíritos às vezes cativam o participante ao ponto de que o contacto se torne um vício.

- Os espíritos contactados através do tabuleiro tentarão ganhar a sua confiança através de mentiras. Por exemplo: um mau espírito pode alegar ser bom, ganhando assim a sua confiança e trazendo-lhe mal posteriormente.

- Procure manter contacto sempre de forma respeitosa e só convide para as sessões pessoas de confiança, seguras e que o farão seriamente. Nunca irrite o espírito ou lhe faça perguntas com ironia.

- Antes de sair ou mesmo de entrar numa sessão, peça a permissão do espírito. Caso contrário, estará sujeito à possessão pelo mesmo.

- Nunca use o Ouija em cemitérios ou locais aonde houveram mortes brutais. Isto pode trazer maus espíritos para o tabuleiro.

- Às vezes, um mau espírito pode habitar permanentemente um tabuleiro. Quando isso ocorrer, não se poderá manter contacto com outros espíritos além dele até que ele decida sair.

- Se seu ponteiro for de vidro, limpe-o antes e depois de cada sessão, de forma que nenhum espírito possa entrar ali. Para isso, passe-o sobre uma vela acesa.

- Tabuleiros de Ouija que são deitados fora incorrectamente libertam diversos espíritos que voltarão para assombrar o seu dono.

- Nunca empreste seu tabuleiro a ninguém. Use-o com exclusividade. Se necessário, faça seu próprio e recomende aos colegas que lhe pedem o seu emprestado que façam o mesmo.

- Nunca queime um tabuleiro de Ouija. Se o fizer, haverá uma manifestação do tabuleiro. Pode ser um som desconhecido ou a aparição de algum espírito. Depois de presenciar a manifestação, terá menos de trinta e seis horas de vida.

- Se colocar  junto do tabuleiro uma moeda de prata pura, os espíritos maus serão incapazes de manter contacto.

- Nunca deixe o ponteiro sozinho sobre o tabuleiro se não o estiver a utilizar. Se o espírito levá-lo para fora do tabuleiro, estará liberto.

- Às vezes maus espíritos pedirão aos elementos femininos para fazerem gestos ou executarem acções obscenas. Ignore-os. Os demais participantes jamais devem rir ou irritar-se nestas situações.

- Evite perguntar sobre assuntos que se referem à sua religião e não faça perguntas a respeito do futuro

O tabuleiro não necessita propriamente de ter um formato retangular, muitos tabuleiros de Ouija são em formato circular. Em vez do ponteiro, pode utilizar uma moeda ou um copo de vidro, sendo este último não aconselhável devido ao fato do Espírito poder vingar-se utilizando o copo, precisamente por este ser de vidro.
   Faça o que fizer, NUNCA peça a um Espírito que se manifeste em si ou em outras pessoas em seu redor!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.