Siga por e-mail

Seguidores

segunda-feira, 26 de março de 2012

Os transaturninos



DANE RUDHYAR, refere-se aos transaturninos, como embaixadores da Galáxia e afirma: Qualquer sistema orgânico ou unidade está subjetiva à duas forças contrárias. Há a força que puxa todas as partes do sistema para o centro (Força de gravidade), mas há também a força exercida pelo espaço exterior, que realmente pressupõe um sistema maior, dentro do qual o primeiro funciona.
Todos os Planetas do nosso sistema solar e todos os seres vivos da Terra, são em alguma medida afetados pelas pressões e forças que nos atingem, vindas da Galáxia; Igualmente afetados somos em direção oposta, pela força gravitacional do Sol, centro do nosso sistema.
Saturno, todavia, representa a linha básica de demarcação entre essas duas forças opostas, a da Galáxia e a Solar.
Os Planetas que estão no interior da órbita de Saturno, são principalmente vassalos do Sol, enquanto os Planetas após Saturno, são o que chamamos deEmbaixadores da Galáxia, e que concentram sobre o Sistema Solar o poder desta vasta comunidade de estrelas, a Galáxia. Não pertencem por completo ao Sistema Solar, estão dentro da esfera de influência, para desempenhar uma missão, ligando o nosso pequeno sistema (do qual o Sol é o centro) e a órbita de Saturno, com a circunferência ao sistema maior, à Galáxia.
Os transaturninos, simbolizam as forças cósmicas que impelem o homem a estudar os seus planos abstratos e o levam à ter uma visão cósmica, uma procura de integração maior com o cosmo.


Os transaturninos observados da Terra, movem-se tão lentamente, permanecendo em um signo por tanto tempo, que influenciam gerações inteiras. Essas gerações apresentam mudanças semelhantes, embora variem de pessoa para pessoa, dependendo das posições e aspectos formados por outros Planetas. As Orbitais diferenças de gerações constituem um bom exemplo dessas influências, são ameaçadoras e exigem de nós muitas vezes, um grau de esforços para adquirirmos consciência psicológica mais total e uma perspectiva mais aberta e englobante da vida. Existe a necessidade de contato profundo com as pessoas de gerações diferentes. Os fatores básicos de vida de qualquer pessoa serão sempre os mesmos, estas forças existem sempre nos seres humanos. Astrologicamente, estas forças são simbolizadas pelo Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte e são chamados Planetas Pessoais. Júpiter e Saturno constituem uma faixa intermediária entre os Planetas Pessoais e os Planetas Saturninos, visto que eles muitas vezes têm a ver, com a nossa participação na sociedade e com as normas, crenças e ambições influenciadas pela mesma. Por isso Júpiter e Saturno são chamados de Planetas Trans-Pessoais.
Os Signos, Casas e Aspectos, nos quais encontramos estes 7 Planetas, indicam o modo particular, pelo qual, estas forças atuam no indivíduo.
Essas origens são modificadas através da experiência consciente e do uso concentrado da vontade, porém os transaturninos, agem além do controle consciente do indivíduo, tal como Netuno, Urano e Plutão, estão além da Terra. Analisando suas funções, essas energias caso estejam em aspectos benéficos com os Planetas Pessoais, poderão precisar influências harmoniosas, no entanto se estiverem em aspectos pressionantes, será mais difícil de controlar, visto que a força de vontade e determinação nunca são suficientes para controlar esta energia.
Portanto, os transaturninos, atuam através de nós ativando os fatores psicológicos apresentados pelos Planetas Pessoais (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte) e os Trans-pessoais (Júpiter e Saturno).
Os transaturninos, mostram planos do Ser e dimensões das experiências, que caracterizados pela falta de limites, suas energias atuam fora do controle consciente e não podemos defini-las objetivamente. Quando se fala, por exemplo em eletricidade, é muito difícil defini-la à nível real. Podemos defini-las como válvulas nervosas, objetivamente, nas quais se trata de transmissão desta energia, já não se fala de maneira concreta, já não é matéria cristalizada (Saturno), não é mais o lado concreto da afeição, dos carinhos, do desejo, não são mais as coisas obtidas pelos 5 sentidos. Os transaturninos, são as forças interiores do homem e por isso é muito difícil definir objetivamente estes 3 Planetas.
Os trânsitos destes Planetas, sobre pontos sensíveis da nossa Carta Astrológica, em aspectos perfeitos com os Planetas Pessoais e Trans-Pessoais, são aspectos penetrantes e altamente significativos.


·     Responsabilidade, austeridade, estruturação. Restrições, resistência. Rege o tempo. Construções e constituição. Ossos, joelho, dentes, pele. O amadurecimento e a aceitação das responsabilidades passam por Saturno. Onde Saturno está, num tema natal, aí estará indicado não só as restrições, mas também o local onde existe a busca do crescimento através da estruturação. Segundo os esotéricos, a posição de Saturno indica onde existe acumulo kármico. Força de caráter.

Saturno representa o limite e a estrutura necessária à sua realização. No Mapa, vai indicar o seu ponto de restrição, o setor prático da sua vida em que, muitas vezes, você sente-se limitado, onde é exigido ao máximo. Esta exigência não existe para que você fique esgotado, mas serve para que possa dar o melhor de si.

O ponto em que Saturno se encontra também indica a cruz de sua vida, que não deve ser vista como um castigo, mas sim, compreendida pelo ensinamento deSta. Tereza D'Ávila que dizia que "...uma cruz não deve ser arrastada, mas erguida, pois ao erguê-la nos erguemos com ela".

Isso pode ser conseguido com bastante disciplina, uma das grandes qualidades enfocadas aqui e que propiciam o surgimento de outras, como ser estruturado, realizador e responsável. Mas se você ceder aos fatores limitantes do mundo, fatalmente será aquela pessoa chata, fria, calculista, indisciplinada, irresponsável e avarenta.

Saturno rege o signo de Capricórnio e, na Mitologia, é o próprio tempo que tudo consome, não nos deixando esquecer a responsabilidade que temos com a própria vida, no sentido de não desperdiçarmos o tempo que temos para investir em nossas realizações.




URANO - (rege o signo de Aquário)
  Chegando à Urano, começamos a nos libertar da vida concreta e real, do ouvir, olhar, admirar, degustar e tatear, dos                                                                                          sentidos completos. Urano é a liberação da energia, pura, passamos a irradiar. Antes nós agimos, gostamos, amamos, sentimos, adquirimos, e frutificamos, agora vamos liberar a energia, começando a influir em um mundo maior, iniciando a compreensão da complexidade do homem. Como vimos anteriormente, os transaturninos, agem no indivíduo no plano mais sutil ou pelo menos as forças são muito mais refinadas do que os 7 planetas da Astrologia Antiga. Um dos símbolos de Urano é um Sol com uma flecha apontado para o alto, direcionada para cima, para um futuro que não sabemos onde está (representando a liberdade sem limite). Uma curiosidade sobre Urano: os índios americanos, diziam que o sol, era um buraco no céu, e que se chegassem até este buraco, encontrariam a libertação, depois dele (seria um outro Astro que representaria a liberdade), isto é Urano.


Urano influencia o homem em sua capacidade de saber se reformular, de saber se liberar de seus próprios conceitos, de renovar a sua própria vida; onde temos Urano, sentimos uma necessidade maior de liberdade pessoal. Exemplo: Uma pessoa que tem Urano na 7a Casa, tem a necessidade de se sentir livre dentro de uma relação, provavelmente, vai procurar relacionar-se com alguém que lhe permita liberdades.
A posição de Urano, nos mostra em que área nós agimos de maneira excêntrica, fora do comum, abandonando as normas convencionais. É nessa área que podemos experimentar este poder, pois é aí que criamos novas fórmulas para sair do esquema. Exemplo: Quem tem Urano na 6a Casa ou na 10a Casa, não conseguirá trabalhar em esquemas tradicionais, pois sentirá necessidade de novas situações e fórmulas, procura o desconhecido, pois Urano, atua através dos impulsos efetivamente, e esses impulsos são dirigidos ao convencional, à independência, ao inesperado.
Urano é o Raio Cósmico, é tudo que é imprevisível, inesperado e repentino. Urano é a intuição e criatividade, é renovação, é visão futurista, imprevisibilidade, rebeldia e liberdade. São os sonhos do futuro, planos e projetos. O Uraniano, não pode prever coisa alguma, pois muda constantemente, a mudança, é necessidade interior, não pode prever esquemas, é sair do convencional. E a medida que sai, que inova, sente-se inseguro e tenso pois não sabe o que irá acontecer. É como dar um salto no escuro. Esta tensão é de quem tem aspectos fortes em Aquário, este é o primeiro passo para desestruturação do próprio equilíbrio central do indivíduo. Por isso, todo Aquariano tem necessidade de um controle, pois na medida que Urano mexe nesta energia repentina de libertação, ela guarda tensão. Uma regrinha muito boa para entender Urano, é: onde temos Urano, aí está o nosso gráfico de altos e baixos. Mas tendo conseqüência disto, devemos organizar esta área, devemos dinamizar a energia, tendo o cuidado para não dinamitar. Nesta área, vamos liberar a energia controlada, para que não cause colapsos, para que não dê choque. Exemplo: Uma pessoa com Urano na 3aa Casa pode descarregar sua tensão, escrevendo, dando aulas, comunicando-se na publicidade, pois é assim que a pessoa produz enquanto libera a sua energia.
Urano em Aquário, precisa de atividade de canalização extremamente forte para que possa aliviar sua tensão. Uma pessoa com Urano mal aspectual, as vezes não consegue liberar sua energia corretamente, ainda acaba com os esquemas, ou rompe de maneira agressiva não conseguindo manter a estrutura central e renovadora, girando assim completos entre o manter e o renovar, provocando desequilíbrio, tensão e desestruturação.
Já uma pessoa com aspectos positivos, consegue liberar-se e canalizar positivamente essa energia, criando novas fórmulas e buscando novas soluções.
Através das progressões de Urano, notamos mudanças repentinas e inovadoras, pois Urano trabalha através da rapidez da eletricidade, mas nunca tira algo sem nos dar o melhor.

Urano representa o mental superior, a ligação direta, com níveis mais elevados.
Urano dá modificações rápidas (coisas boas).

·     O Inesperado. A liberdade. O anticonvencional. Acontecimentos súbitos, jogo-de-cintura, espaço, eletricidade, sistema nervoso central, tornozelo. Aura, nervos e movimentos involuntários. Reforma, independência. Quebra de padrões preestabelecidos, rebeldia. Onde está Urano no tema natal, É onde temos medo de perder a liberdade. Intuição, individualidade, originalidade. A criatividade é uma das expressões do planeta Urano. O gênio e o louco. Liberdade de idéias e idealismo. Quebra de velhas estruturas. O caos que vêem antes da ordem.

Urano representa o próprio Céu, além da criatividade e das idéias. No mapa, indica o seu lado criativo, inventor, original e excêntrico.

Em sua melhor apresentação, desperta o seu lado idealista e fraternal, criativo e até genial, podendo fazer com que você se torne aquela pessoa que tem uma capacidade própria de servir de sinalizador para as pessoas que estão perdidas e não conseguem sequer perceber um sentido para a vida. Esquivando-se de exercer essa função especial, você próprio perde de vista o significado das coisas, transformando-se em uma pessoa enjoada, abusada, anarquista e revoltada, sem causa nenhuma, o que, em casos extremos, poderá desencadear em atitudes subversivas e até terroristas.

Urano rege o signo de Aquário e na Mitologia é o próprio Céu, que permanece imutável, agora e sempre, para que não percamos de vista a possibilidade e a necessidade de imitarmos na linearidade da vida a verticalidade do Princípio.


NETUNO - (rege o signo de Peixes)

  Urano é a liberação da energia pura, e nesta liberação, o homem fica além dos limites da natalidade, lança-se para fora e começa a impregnar-se daquilo que está à sua volta. E é nesta absorção, na impregnação da totalidade que está o Netuno.
Netuno é tudo o que absorvemos do meio, é o que nossa sensibilidade percebe e capta.
Esta capacidade não é intelectual, mas sim intuitiva.
Netuno, está associado ao misticismo, ao mistério, à unidade cósmica, ao desenvolvimento espiritual e à intuição. É também a ausência de forma, a ilusão, a dissolução, a imaginação e o idealismo. Ele é o vínculo, para detectar as coisas que estão à nossa volta e não são visíveis. Onde temos Netuno, temos a indefinição, mas é aí que absorvemos e intuiremos as coisas não visíveis.

Netuno é subjetivo, mas poderá tornar-se objetivo, dependendo da sua posição no mapa. Exemplo: Uma pessoa que tem Netuno em trígono com Mercúrio, é uma pessoa que não será capaz de intuir, mas terá a capacidade de definir sua intuição. Por outro lado, determinadas posições de Netuno, indicam, grande capacidade de absorção de tudo o que é bom ou mau, sem discernimento. Se este não estiver no mapa, é um fator de bastante segurança, bem realidade ou melhor, o indivíduo deverá buscar a inspiração e a realidade de Urano, a intenção e idealismo de Netuno, tornando-as reais, fazendo-as concretas para a vivência diária. Netuno é a visão completa, total de 360o, é o radar que enxerga o mundo na sua totalidade.
Ele nos leva ao sentido místico da vida, é a capacidade de viver plenamente uma situação e se diluir nela. Esta capacidade de identificação com os outros, é sem dúvida, uma bela qualidade espiritual, entretanto pessoa corre o risco de ser absorvida e manipulada pelos outros, visto que se aproximam dela, quase todas as pessoas precisadas de ajuda, atraídas pela capacidade de identificação, detectadas pelo radar. Não é um plano à ser vivido depois de certa idade, é a sensibilidade inata já nasce com a gente.
Netuno, pela sua posição na Carta Natal, é a área da vida em que sofremos as influências Transcendentais, procurando um ideal e acreditando naquilo que queremos, é um campo de experiência que tendemos a idealizar ou rejeitar, muitas vezes como modo ou ânsia de fugir da realidade que se nos revela brutal e vazia de Auto Ilusão.
Netuno, leva 13 anos em cada signo determinando gerações assim. Exemplo: O aspecto de Urano e Plutão determinam uma geração que busca o entendimento do lado psicológico, procurando uma consciência maior, porém, para que a pessoa não se iluda, não fique somente no plano abstrato, é necessário buscar o lado prático, o sentido pleno da realidade, discernindo e filtrando as impurezas (deve buscar portanto, à Virgem).
Netuno é representado pelo tridente, que é o símbolo da psicologia. Ele trabalha com a psique do homem, onde o homem tem seu próprio desconhecido, é a totalidade da psique do homem, agindo com a integração do todo. Netuno, mexe com a totalidade do homem, tanto psique como fisicamente pois a saúde é o equilíbrio das energias. Netuno rege as drogas, os remédios, as bebidas e à nível prático está ligado às intoxicações e às epidemias. Ele rege as coisas confusas, situações nebulosas, à sujeira, às asmas, à respiração confusa, à poluição, à imaginação, aos sonhos, tudo que é indeterminado e as vezes ao irreal. Netuno, está ligado ao amor universal, não personalizado, ele é a visão da igualdade social. Para Netuno, o homem não tem qualquer diferença, não há fronteiras, é o Universo, o Cosmo, o Caos. Nos aspectos passivos dos trânsitos de Netuno, a pessoa tem que trabalhar a imagem interna, o lado psíquico poispoderá ficar desestruturado, não conseguindo manter o equilíbrio. O lado negativo dos aspectos netunianos, é a indefinição, é uma maneira nebulosa de ver as coisas, é como estivéssemos em alto mar, em uma pequena embarcação, sob intenso nevoeiro, sem conseguir ver o rumo. Não seria possível definir, nem um momento, o que faríamos, então é necessário acalmar-se, esperar o nevoeiro e enquanto isto não acontece, tentar colocar as coisas em volta, em ordem, para que passado o nevoeiro, o barco esteja bem organizado.


NETUNO representa uma sintonia emocional, com níveis mais elevados na ânsia, uma paixão por harmonização, com planos mais elevados de SER.
·     Espiritualização, ilusão, sonho. Transcendência através de experiências da alma. Religiosidade. Mediunidade. Os vícios (álcool, drogas, fumo etc..). Netuno também tem influência sobre o romantismo, sensibilidade e misticismo. O ilusório e o imaginário. A névoa e as confusões netunianas. Rege o cinema, artes plásticas, as imagens. Capacidade psíquica. Onde está Netuno num tema natal, ai estará a expressão do potencial místico e inspiração. Consciência cósmica.

Netuno representa a inspiração criadora, a fé que remove até montanhas, o êxtase que eleva, a intuição que faz você sentir-se como parte do Todo e o amor universal que lhe dá esta certeza. No mapa, indica a sua antena de ligação com o Universo e aponta a fé através da qual entramos em comunhão com este Universo.

Quando você consegue manter esta antena limpa e livre de "ninhos de passarinhos", pode acessar sua melhor parte, tornando-se uma pessoa intuitiva, inspirada, confiante na Força Maior que mantém tudo. Quando relaxa demais a ponto de permitir que interferências várias interrompam sua ligação com o Sagrado, então você começa a desligar-se e a distanciar-se de si mesmo, permanecendo confuso, iludido, aumentando a possibilidade de viciar-se em qualquer coisa (drogas, sexo, ideologias, dinheiro...), pois estará sempre precisando de algo que lhe preencha...

Netuno rege o signo de Peixes e na Mitologia é o deus dos mares, que vive em uma região submarina chamada Aigai, onde nada o perturba e de onde ele sabe tudo o que acontece na superfície... Orientação interessante a ser seguida a partir da compreensão de que podemos manter a calma interior, apesar de vivermos em um mundo emocionalmente agitado e, mesmo assim, nos mantermos "ligados" a tudo.




PLUTÃO - (rege o signo de Escorpião)

  Em Saturno temos o nosso limite, em Plutão mergulhamos em nosso inconsciente. A racionalidade de Saturno, é o último passo, é a visão concreta do homem.
Plutão é a grande consciência que abraça e extrapola a razão. Plutão representa a Morte do Homem, o poder que ele tem, de adquirir esta grande consciência. E para chegarmos à isto, vamos ter que mergulhar no inconsciente e descer ao nosso interior e nos confrontarmos com tudo que lá existe. Só quando mergulhamos fundo, conhecemos todo o nosso interior é que conseguiremos transmutar, transformar e renascer. Parece que existe


sempre algo escondido acerca de Plutão, algo sutil e difícil de se colocar em termos lógicos e concretos. Tudo que se relaciona com Plutão, é de certo modo, fora do vulgar, é um tanto excêntrico e indica um domínio de imensidade cósmica, que confunda o espírito, isto é verdade não só a função Astrológica do Planeta, como também acerca do movimento do próprio Planeta.
Plutão é o regente de Escorpião (8a Casa) e ambos têm a mesma relação com a morte, morrer para renascer, que é o poder da transformação e onde temos Plutão no Mapa, é onde teremos o grande terremoto da vida, e é através do terremoto interior, que nós, nos transformamos, nos reconstruímos. Na Casa onde estiver Plutão, teremos o poder criador muito grande pois esta Casa é altamente energizada e é a que estamos em contato com o reservatório profundo do poder concentrado. É ainda neste setor que ressurgiremos, fazendo aflorar toda necessidade de transformação de tudo que fizermos. Plutão atua de nível tão profundo e com tanta sutileza, que para pesquisarmos a sua influência real, devemos estudar a sua posição em nosso mapa ou na Carta Natal de amigos íntimos e parentes, afim de detectarmos a sua influência. Temos dentro de nós, em nosso consciente, determinadas capacidades ou incapacidades, determinadas tendências que não expomos à nível consciente por uma questão de auto defesa. Contudo, esse interno, começa a ser ativado em certas ocasiões e aflora muitas vezes de maneira violenta. Plutão é por isto, chamada de O grande Vulcão, pelo processo que ele desencadeia. É preciso termos consciência disto, saber usar a energia criativamente para a evolução, mesmo porque seria difícil ou melhor impossível tentar deter esta energia. As pessoas com fortes aspectos de Plutão, têm uma grande missão e que são pessoas de um poder muito grande. O poder de Plutão abrange todos os níveis, mas essencialmente, significa o poder da desmaterialização. A grande energia de Plutão, provém de uma fonte nada evidente a qual podemos chamar de Energia Transcendental, pois esta energia, verdadeiramente transcende, só pode ser entendida em termos opostos, luz e trevas, alegria e tristeza, quente e frio, etc... Plutão é um dos menores planetas, menos que a Terra, mas, esse pequeno tamanho e brilho diminuto, são fatores bastante ilusórios, pois o poder de Plutão, ultrapassa em muito seus atributos físicos.
É o Planeta mais lento, portanto, por meio tempo em um Signo (de 12 à 29 anos de duração) influencia por isso, uma geração, isto é grande parte da humanidade. Como ele passa tantos anos no mesmo aspecto, no mesmo Signo, milhões de pessoas, são coletivamente os agentes transformadores de determinados conceitos. Assim a pessoa com Plutão em Câncer, enfrenta grandes mudanças na estrutura familiar. Quando Plutão estava em Leão, foi contestado e equilibrado o conceito de autoridade de centros de atenção, com Plutão em Virgem, o homem começou a tomar conhecimento da poluição da Terra, da necessidade de modificar, pois Virgem é a Mãe Terra.
Resumindo: Plutão é excêntrico, sua energia é fora do comum e indica o domínio da imensidade cósmica, que confunde o espírito.




·     O poder. Transformação através de um tipo de destruição. O controle. "O morrer e renascer". Onde está Plutão num mapa natal, é onde temos medo de perder o controle. Rege o aparelho reprodutor e excretor, e os órgãos  sexuais. Habilidade de penetrar no inconsciente. Regeneração e transformação do organismo. As investigações. As pesquisas profundas, da mente e do espírito. O "outro lado". O controle como forma de exercer o poder.

Plutão representa o inferno, o invisível e o misterioso. No mapa, vai mostrar onde a sua alma terá a possibilidade de morrer para o que é inferior, renascendo transformada e, consequentemente, melhorada.

Ao enfrentar esta "morte", esta descida aos seus infernos interiores com o objetivo de enfrentar seus medos, exorcizar os fantasmas e curar as feridas, você faz uma opção consciente por tornar-se profundo investigador de você mesmo e de quaisquer outras situações que viver, indo além do que as aparências nos impõem. Caso contrário, terá de conviver com o seu lado sombrio, medroso, tempestuoso, destruidor e, às vezes, até vingativo.

Plutão rege o signo de Escorpião e, na Mitologia, é o deus do mundo invisível, nos relembrando que essa dimensão é comum a todos nós e faz parte da vida, que podemos e até devemos transitar por ela, mas com o intuito de superarmos nossas próprias limitações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.