Siga por e-mail

Seguidores

terça-feira, 13 de março de 2012

Strophalos of Hecate


Atribuído a Hécate, bem como a Diana Lucifera (versão romana da divindade) no seu aspecto de Deusa Tríplice - o Strophalos ou Roda de Hécate é um antigo símbolo de origens pré-helénicas e cujo exacto significado já se perdeu na noite dos tempos. 

O Símbolo original tem sofrido várias modificações. Se trata de um símbolo muito anterior à Cultura Grega. Porém a falta de fontes da antiguidade não podemos especular sobre as origens exatas. A referencia mais antiga é o oráculo de Caldeu nele o Strophalos é descrito como sendo uma serpente descrevendo um labirinto à volta de um espiral,A serpente representa o renascimento e a sabedoria. O simbolo exterior representa o cosmo, ou de uma forma mais abstrata, a unidade formada pelos três aspectos da Deusa. É muito utilizado pelos praticantes da Tradição Diânica e de Tradições Helénicas. É utilizado como mandala meditativa, talismã e objeto de poder. Sendo especialmente indicado para trabalhos invocativos a Deusa Ctónica.

Ele é melhor  analisado de fora para dentro, vendo o círculo como o cosmos e a roda com 3 caminhos, 3 faces de Hécate. Ela é um labirinto em espiral onde o membro iniciado nos mistérios da deusa entrava na diluição da realidade engendrada pela feitiçaria da deidade. É como uma espiral indutora de transe usada em hipnose que atua como um mergulho tríplice em espiral na dissolução do "ser", que se funde para ser reforjado consoante a vontade de quem rege a Roda de Hécate, para morrer e renascer na "Deusa".

Eu fiz o meu pirografado em uma tábua de frios, onde posso utilizar para minhas práticas meditativas em estado Alfa, assim tendo um contato mais profundo com a Deusa


Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.