Siga por e-mail

Seguidores

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Qual é a diferença entre um Grupo de estudo, Grove e um Coven?


Um grupo de estudo existe simplesmente para que os membros possam aprender acerca de um assunto. - Um Coven é uma organização religiosa com Sacerdotisas e Sacerdotes que se dedicam à prática da Antiga Religião (Feitiçaria ou Bruxaria), neste caso a Wicca. - As BRUXASnão se limitam a estudar; elas/eles celebram a mudança das estações, fazem trabalhos mágicos, curam, celebram Ritos de passagem, e procuram o crescimento ESPIRITUAL ao unirem-se com as Deusas eDEUSES da Natureza.

De acordo com a História, os COVENS de BRUXAS eram originalmente muito pequenos, sociedades secretas foram criadas para manter viva a Arte, nas barbas das horríveis perseguições da Inquisição. As BRUXAS da Idade Média encontravam-se para celebrar os Sabats ou Invocar a ajuda da Deusa (Tripla) e dos DEUSES dos locais selvagens. Há quem acredite que estes COVENS sobreviveram até á atualidades e iniciaram pessoas numa Tradição contínua que recua vários séculos atrás. Se osCOVENS tiveram origem há mil anos atrás, ou há cinqüenta, é uma questão discutível, mas o certo é que eles são uma parte vital da religião viva da wicca.

A maioria dos COVENS tem uma média de sete membros adultos e poucos têm mais de treze. Neste pequeno ambiente auxiliador, os laços físicos e emocionais são profundos e é realizado um trabalho mágico eESPIRITUAL intenso.

A palavra "GROVE", que originalmente se referia a um local sagrado nos bosques, tem sido utilizada de pelo menos três maneiras diferentes pelos pagãos: às vezes é simplesmente uma assembléia de pagãos sem nenhuma denominação particular (quando deveria referir-se a uma organização local de Druidas), ocasionalmente pode também se referir a um grupo de pagãos que se encontram para cultuar sob a orientação de um coven de feiticeiras (o que mais inventarão?!) ... Casos deste tipo de terminologia falseada são graves, pois o chamar Grove ou Coven, é sinônimo de "Congregação" ou "Círculo externo” , como distinção do Círculo interno, que é composto por Sacerdotes e Sacerdotisas dessa Tradição.

Na terminologia certa, todas estas organizações são as bases da apresentação do PAGANISMO para se exprimir ao publico, pelo que há que saber nomear corretamente o seu grupo, para se evitarem equívocos ou mesmo logros. Um grande grupo organizado é a Pagan Federation (com sede situada no Reino Unido), ou o Covenant of the Goddess (EUA) e a Pan-Pacific Pagan Aliance (que inclui a Austrália, Nova Zelândia e o Pacifico). Desde grupos locais a redes regionais, o certo é que alguns Pagãos se encontram organizados, e o que antes era uma religião popular de aldeia, tribos ou nações, é agora uma tentativa para a legalidade, muito expandida pelas modernas telecomunicações e pela Internet. O PAGANISMO pode ter raízes num passado distante, mas chegou na Era de um novo Mundo... * Atualmente, alguns destes grupos de estudo intitulam-se "conventículo" ou "conventina".

 

HIERARQUIA DENTRO DOS COVENS

Assunto polêmico que, hoje em dia, a maior parte das BRUXAS dispensa este tipo de imposição "hierárquica". Mas, como informação, é preciso dizer que algumas Tradições mantêm a prática de proceder a 3 Iniciações diferentes para seus membros. Antes dessas iniciações ocorre todo o período de estudo e o momento da dedicação.

DEDICAÇÃO: É a entrada formal para a Religião Wicca. A partir da aceitação em um Coven, você se transforma num Neófito ou Discípulo e depois de um longo período de estudo e prática você se transforma em um Dedicado e passa por um período de experimentação (a dedicação) para alcançar a primeira iniciação.

PRIMEIRO GRAU: É alcançado logo após a primeira iniciação. O até então dedicado passa por um processo mágicko-religioso de renovação, onde lhe é transmitido poder para que seja consagrado Sacerdote (isa).

SEGUNDO GRAU: Geralmente acontece depois de algum tempo de estudo religioso e mágico dentro do coven, onde o sacerdote amadurece em seus compromissos e práticas, e recebe essa elevação de grau para que possa treinar outros neófitos ao sacerdócio.

TERCEIRO GRAU: Forma os chamados: "Alta Sacerdotisa" e "Alto Sacerdote". Isso pode ser descrito como o ápice do conhecimento dentro de uma Tradição específica.
A Iniciação no Terceiro Grau acontece, teoricamente, apenas depois que o membro completa um rigoroso programa de estudo que engloba a Magia, a estrutura dos RITUAIS , a dinâmica de um grupo mágico, a Mitologia da WICCA e diversas outras áreas.



FONTE:http://www.oldreligion.com.br/novo/conteudo/index.asp?Qs_idConteudo=6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.