Siga por e-mail

Seguidores

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Secagem de flores e ervas



De todos os métodos existentes de secagem de plantas, a técnica ao ar livre é a mais simples e natural. A vantagem deste método é preservar a forma e as cores de uma grande variedade de flores e plantas.

Não é necessário nenhum tratamento especial das plantas antes da secagem ao ar livre, é só cortá-las quando florescerem e retirar a folhagem - No entanto, você pode cortar botões florais e secá-los, se você preferi-los a flores já abertas.
O melhor horário é no final do dia, isso garante que as flores estejam completamente aberta e livre de umidade.
material:
Então, vamos lá
- Corte e coloque os ramos cortados num vaso fundo com água fresca. Os ramos devem estar submersos pelo menos até metade do caule.
- Coloque o vaso num local fresco e seco, longe da luz direta do sol, dessa forma ainda dá para apreciar as flores durante todo processo.
Nessas condições ela pode durar por vários dias, desde que colocada em água com adição de açúcar e sem sol direto.
Dica importante: Antes não conhecia aerossol floral selador, aliás, nem sabia da sua existência, quando comecei a perceber que os arranjos com flores caiam à toa só de relar, resolvi aplicar spray de cabelo extra forte, gente foi uma descoberta salvadora, além de deixar as flores perfumadíssimas.
- Não adicione mais água ao ver que a do vaso está evaporando. A ideia é essa mesma: quando a água tiver evaporado totalmente, suas flores devem estar lindamente secas.



Foto: Continuação... Secagem de Flores e Ervas

Outra forma que também já experimentei e que dá super certo é secá-las pendurando os ramalhetes de cabeça para baixo, mantendo uma boa distância entre eles nas laterais. Use fios de ráfia ou barbantes para amarrá-los.
É importante que as plantas não fiquem amontoadas, para que o ar possa circular bem entre as pétalas e folhas. Se houver acúmulo de umidade, as plantas poderão apodrecer antes de mesmo de secarem completamente.
Penduradas amarradas em forma de ramalhetes e até deitadas, as flores preservadas pelo processo ao ar livre mantém uma boa parte de seu aspecto natural: suas formas, bem como suas cores são bem pouco alteradas.
Além das flores, caules e folhas que podem ser secos, há muitos outros materiais que podem ser selecionados e usados quase diretamente nos arranjos. Estes incluem sementes, pinhas, folhas, gramas, galhos, etc.

Dica: Pra quem não gosta do cheirinho de planta seca, é só colocar um pouquinho de essência a base de óleo fica uma delicia.

Amarre o alecrim pelos cabinhos, e deixe pendurado de ponta cabeça num varal. As ervas precisam secar naturalmente para não perderem suas propriedades e não mofarem. Isso demora uns 10 dias. Depois passa a mão pelos cabinhos para soltar as folhinhas Guarde em um vidro esterilizado e seco.
Faça das flores secas um permanente acessório na sua decoração – você economiza e pode apreciá-las por muito mais tempo.
Encontrar o método que lhe agrade é o mais importante. Depois é só apreciar sua arte.

Fonte: http://casaspossiveis.blogspot.com.br/2011/02/como-secar-flores-folhas-e-ervas.html




































Outra forma que também já experimentei e que dá super certo é secá-las pendurando os ramalhetes de cabeça para baixo, mantendo uma boa distância entre eles nas laterais. Use fios de ráfia ou barbant
es para amarrá-los.
É importante que as plantas não fiquem amontoadas, para que o ar possa circular bem entre as pétalas e folhas. Se houver acúmulo de umidade, as plantas poderão apodrecer antes de mesmo de secarem completamente.
Penduradas amarradas em forma de ramalhetes e até deitadas, as flores preservadas pelo processo ao ar livre mantém uma boa parte de seu aspecto natural: suas formas, bem como suas cores são bem pouco alteradas.
Além das flores, caules e folhas que podem ser secos, há muitos outros materiais que podem ser selecionados e usados quase diretamente nos arranjos. Estes incluem sementes, pinhas, folhas, gramas, galhos, etc.

Dica: Pra quem não gosta do cheirinho de planta seca, é só colocar um pouquinho de essência a base de óleo fica uma delicia.

Amarre o alecrim pelos cabinhos, e deixe pendurado de ponta cabeça num varal. As ervas precisam secar naturalmente para não perderem suas propriedades e não mofarem. Isso demora uns 10 dias. Depois passa a mão pelos cabinhos para soltar as folhinhas Guarde em um vidro esterilizado e seco.
Faça das flores secas um permanente acessório na sua decoração – você economiza e pode apreciá-las por muito mais tempo.
Encontrar o método que lhe agrade é o mais importante. Depois é só apreciar sua arte.

Fonte: 
http://casaspossiveis.blogspot.com.br/2011/02/como-secar-flores-folhas-e-ervas.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.