Siga por e-mail

Seguidores

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Conexão com seu guia e guardião




Se conecte com seu guardião ou guia espiritual para ajudá-lo em sua vida
Todos nós temos um Guardião que nos observa e nos ajuda e nos empurra no caminho certo este permite que você trabalhe com o seu Guia

Isso pode ser usado para a cura ou proteção ou ajudá-lo de qualquer outra forma que você precisa de ajuda


você precisa de uma vela

Cor Depende do seu Elemento

Signos de Fogo - Áries, Leão , Sagitário = Vela vermelha

Os signos de água - Câncer, Escorpião , Peixes = Azul  escura
Signos de Terra - Touro, Virgem , Capricórnio = Verde ou marrom
Signos de ar - Gêmeos , Libra, Aquário = Branco ou azul clara 

Primeiro você terá que escrever na sua vela o nome da sua divindade

Nome da sua Deusa ou Deus, do panteão que vc trabalha. Pode ser a Deusa madrinha de sua dedicação
esta é a sua divindade primária.

Depois purifique a sua vela com óleo de sândalo ou o óleo que tenha relação com a sua divindade.

Consagre a vela em nome dessa Deusa dizendo:

Purifico e consagro esta vela em nome da Deusa (...) Diga o nome da Deusa.


Acenda a vela diante de seu altar e faça as suas preces


Medite olhando para a chama da vela por alguns segundos


Ao concluir faça o sinal de bênção wicca. (Já ensinado aqui)


Essa prática diária sempre em um mesmo horário nos permite uma conexão mais rápida com nossos guias espirituais e guardiões.





Blessed Be.


Tinta e pó mágico para se trabalhar com dragões





TINTA MÁGICA de SANGUE DE DRAGÃO:



Essa é a tinta usada para escrever encantamentos e feitiços mágicos
muito útil para meditações com esse animal de poder, jogando um pouco nas chamas do seu caldeirão.

Fazer na lua cheia

Precisará de:
- resina de sangue de dragão;
- álcool;
- um frasquinho que poderá fechar hermeticamente;
-1 pauzinho de canela (partido aos bocadinhos);
- 15 pregos de cravo-da-india;
- baunilha;
- 9 grãos de café esmagados.
Coloque a resina e os outros ingredientes no frasquinho, e base o álcool até cobrir + 10 %. A resina vai diluir a sua cor no álcool (mais rapidamente se for em pó). As especiarias perfumarão a tinta ao mesmo tempo. Verifique a cor da tinta com um palito, molhando este na tinta e escrevendo numa folha. Quando estiver com a cor e textura adequada, filtre tudo com uma gaze e volte a colocar o líquido dentro do frasco. Utilize a tinta para escrever,
Consagre a tinta.
Mantenha em seu altar pronto para ser usado


























Pó Sangue de dragão

Esse pó mágico é projetado para chamar Dragão na magia (esse é meu animal de poder);)
Os dragões são poderosos seres antigos
Ao contrário das fadas, elfos ou gnomos
Dragões escolhe quem eles seguem.

Pó Sangue de Dragão - Usado para remover obstáculos e criar escudos de proteção. Feito com a seiva e resina da árvore sangue de dragão, o que confere a energia e propriedades mágicas dessa árvore. Use para consagrar e purificar ambientes, pode ser usado em velas, basta untar a vela com algum óleo e salpicar o pó sobre o óleo

Compro o meu aqui caso alguém se interesse.

http://www.lojadoemporiowicca.com.br/incenso-sangue-de-drag-o.html

Como fazer?
Importante fazer o pó na 1 noite de lua cheia
Ingredientes
1/2 colher de chá de pó de sangue de dragão
1/2 colher de chá de pó de benjoim
1 colher de chá de pó de sândalo
1/4 colher de chá de pó de mirra
Uma pitada de sal marinho ou sal grosso
1/4 colher de chá de canela ralado, fresco é melhor
1/4 colher de chá de pétalas secas de calêndula
1/4 de colher de chá de pétalas secas de hortelã
1 ou 2 pequenos pedaços de Jade ou Ágata ou cristal de quartzo Lápis funciona muito bem também

Usando um pilão, moa os ingredientes juntos.
Depois de pronto adicione os cristais.
você também pode adicionar qualquer óleo essencial que desejar. Quando terminar coloque o pó em uma pequena jarra de vidro ou garrafa. Se possível, encontrar uma garrafa da cor do mesmo que o propósito do pó. Acenda uma vela branca antes de misturar o pó, Importante escorrer a cera da vela para selar a garrafa.
Deixe descansar em um local escuro durante toda a lua. E depois pode desl
acrar e começar a usá-lo.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Como consagrar sua Planta Mágica

Para proteger a entrada da sua casa, escolha uma planta que já tenha referências mágicas para proteção. Ex: Espada de São Jorge, comigo-ninguém-pode...
A consagração deve ser feita preferencialmente durante um dia de domingo (sol) ou terça-feira (marte). Durante o dia, em uma hora do Sol ou Marte, pegue o jarro com a planta e vá até um local calmo e iluminado. Enterre dentro dele (também pode desenhar no jarro) um símbolo de proteção ou defesa mágica (pode ser uma runa, uma cruz, um pentagrama, ou outro símbolo, que pode variar de acordo com a tradição do mago e da Bruxa). Depois de enterrar (ou desenhar) o símbolo mágico no jarro, coloque suas duas mãos sobre a planta em forma do cone de poder, (forma de concha) . Mentalize e sinta uma energia mágica fluindo ao redor da planta, alimentada pela luz do sol. Recite palavras de poder de sua autoria, pedindo a Deusa e ao Deus que traga proteção para o seu lar.
Depois de recitar as palavras, regue a planta com meio copo(americano) de água mineral e coloque-a próxima à entrada da casa, ou em um lugar de destaque. Se quiser também pode colocar cristais (turmalina negra, ônix, hematita, etc) na superfície do vaso, para potencializar a magia da planta.

Bjos encantados

domingo, 17 de novembro de 2013

Algo de muita Importância na Bruxaria que talvez você não saiba

By Claudiney Pietro

Para fazer parte de um grupo sério é necessário se aproximar de um, conviver com eles e pedir para um Sacerdote iniciado nela para ser treinado naquela Tradição. Grupos sérios geralmente não publicizam que estão com seus covens ou groves abertos para a aceitação de novos membros. Participar de um grupo sério é um processo diferente para cada pessoa e acontece por vias diversas. O que vc deve ficar atento para não ser enganado é: 

1) Nenhum grupo ou sacerdote sério vai se aproximar de você e pedir para que participe daquele grupo
2) Treinamentos não são cursos e nem é possível receber uma iniciação através de um curso. Receber um treinamento para ser iniciado é algo sério e Iniciações verdadeiras jamais estarão disponíveis via cursos ou workshops
3) Iniciações não são alcançadas instantaneamente e nem são possíveis de acontecerem sem você ter uma relação mágica profunda com quem o iniciou. É necessário passar um ano ou mais em treinamento presencial, fazendo rituais e tirando dúvidas com a pessoa que o está treinando.
4) Estar em um grupo e treinando com um iniciado não significa que você será iniciado. Pode ser que ao final do processo de treinamento a pessoa se recuse em iniciá-lo por situações diversas.

Obs: Claudiney é o pioneiro da Wicca no Brasil. 
Cada dia que passa mas tenho a certeza que fiz a escolha certa no meu caminho.
Esses cursinhos que só tratam você como cliente a fim de comer o seu dinheiro. Tô fora!
Construir laços é muito importante.
Fique esperto.


domingo, 10 de novembro de 2013

O Claro e o escuro em mim



Eu vejo que muitos dividem a bruxaria , magia e religião como clara (bem) ou escura (mal) . EU não penso dessa forma. Em vez do bem e do mal é mais como trabalhar com o escuro -submundo ou o claro-mundo superior , o sol ou a lua.  Na minha própria prática e espiritualidade eu trabalho tanto com os dois em forma de equilíbrio. 
Para aqueles que nunca tiveram nada de ruim ou cicatrizes para se trabalhar com o lado escuro é muito mais difícil , mas para aqueles que sofreram trauma em suas vidas é muito mais fácil . Eu acho que é porque para os feridos há conforto no escuro - o escuro não pussy- foot ao redor , não mentir, não embelezar , mas acima de tudo, não ignorar ou varrer nada de ruim debaixo do tapete e fingir que nada aconteceu. 
Eu acredito que a doença mental é uma espécie de escuridão , a escuridão da alma ou causado pelo indivíduo ou por coisas feitas para o indivíduo por outras pessoas ou espíritos.
Eu também trabalho com o claro e o escuro em um ciclo sazonal, com a luz sendo associado com a primavera eo verão e no escuro com outono e inverno - muito parecido com a mudança dos tribunais de fadas de seelie para Unseelie regra na tradição celta. Assim, durante a primavera e o verão, eu estou mais focado em trabalhar ao ar livre com as minhas plantas e seus aliados animais. Já durante o outono e inverno ligo meu foco para trabalhar com o meu eu interior e as partes mais escuras da minha alma , os "deuses" do submundo , e os espíritos de mortos , incluindo os meus antepassados ​​que eu acredito que são livres para vagar pela terra de Samhain até o Equinócio da Primavera. Eu também trabalho em uma forma similar com o sol e a lua . Eu faço magias positivas sob a luz do sol para a prosperidade, cura, crescimento , jardinagem , artes, artesanato , escritos , etc Sob a lua , mas, principalmente, a lua negra e minguante , sou mais propensos a estar fazendo a minha maldição e banindo pós, incensos e encantos, fazendo adivinhações etc
Portanto, em conclusão, eu não acho que a magia "dark" está trabalhando com espíritos ou sistemas como o Goetia mal , mas em vez disso é reconhecer que cada luz lança uma sombra e um não pode existir sem o outro.



Mandrágora na Magia




* Nome científico: Mandragora officinarum L.
* Outros nomes: Maçãs-de-maio; maçã-indiana; limão-selvagem; semente-amarela; semente-de-quati; pé-de-pato; raiz-do-diabo; maçã-de-satã; homem-dragão; vela-do-diabo; luz-do-diabo; raiz-de-bruxo; planta-de-circe; anão-terra; pequeno-homem-enforcado.
* Planeta: Mercúrio
* Elemento: Terra

A Mandrágora é umas das plantas mais conhecidas por seu uso na magia. Por conta de seu curioso formato e das lendas que a envolvem, a planta já foi retratada na literatura e até no cinema.

Sabe a Circe? Aquela famosa feiticeira da mitologia grega, pois é, a mandrágora era usada como ingrediente frequente em seus feitiços, poções e filtros de amor. 



Segundo uma lenda medieval a raiz da mandrágora era como um pequeno homem dormindo dentro da terra e, ao ser retirado de seu descanso, dava um grito tão agudo que era capaz de deixar surdo, enlouquecer e até mesmo levar alguns homens a morte.

Com base nessa crença, foram sendo criadas várias técnicas para se retirar a mandrágora do solo sem sofrer com o grito da planta. Alguns tapavam os ouvidos, afofavam a terra ao redor da mandrágora, amarravam a planta ao pescoço de um cachorro e faziam com que o mesmo corresse, arrancando a raiz do solo.
Escritos medievais afirmam que é mais seguro colher mandrágora durante uma sexta-feira à noite, pouco antes do nascer do sol. Depois de ser colhida alguns lavavam a raiz com vinho e a guardavam embrulhada em seda vermelha ou branca. Aos olhos dos caçadores de mandrágora, tanto trabalho para conseguir a raiz valia a pena, pois a planta possuía variados usos, tanto mágicos como medicinais.

Há muitos registros do uso mágico da mandrágora na Europa medieval. Na antiguidade a raiz da mandrágora era considerada calmante e analgésica, mas podia ser tóxica quando usada em grande quantidade, provocando alucinações tão intensas que beiravam a loucura. Também era conhecida no passado por curar impotência sexual masculina.

A raiz é a parte mais curiosa dessa planta, pois cresce como uma batata, muitas vezes bifurcada, ganhando traços semelhantes ao de um pequeno homem. Por conta do curioso formato humano é que a fama "mágica" das mandrágoras se difundiu rapidamente. Pitágoras se referiu a mandrágora como "antropomorfa". O agrônomo romano Lúcio Columela a definiu como "semi-homem". Na ilustração abaixo, do antigo botânico e autor greco-romano Pedanio Dioscórides Anazarbel podemos ver a mandrágora representada com forma humana.

Outro fato curioso em relação as mandrágoras é que elas podem ser classificadas como "macho" e "Fêmea". De acordo com o antigo naturalista romano Plínio ("O Velho"), se diz que uma mandrágora é macho quando as folhas são largas, a raiz é preta por fora e branca por dentro. A raiz da fêmea é toda preta e as raízes são bifurcadas.

Mantida em determinadas condições de calor e umidade, a raíz grossa e marrom da mandrágora pode liberar alguns gases e vapores, que às vezes eram chamados de "fogo fátuo", pois acreditava-se que era uma espécie de espírito que saía da planta. Na Idade Média as pessoas afirmavam que as mandrágoras cresciam mais quando eram plantadas sob a forca de assassinos executados.

No folclore anglo-saxão há registros de que a mandrágora era utilizada para expulsar demônios e também era desidratada por alguns para ser usada como amuleto de proteção. 



Na Alemanha era costume entre os camponeses talhar e cuidar muito bem das raízes de mandrágora, par usá-las em magias e adivinhações. Existia uma crença de que as raízes talhadas com formas humanas responderiam aos questionamentos de seus donos, como se a planta ganhasse vida própria.

Até hoje a mandrágora é usada por magistas, principalmente em magias de proteção, aumento do poder pessoal, coragem e amor. É um poderoso concentrador fluídico e para carregá-la com seu poder pessoal, você pode deixá-la durante três dias embaixo da sua cama, no período da lua cheia. Por ser uma planta européia, é bem complicado conseguir mandrágora no Brasil, mas existem algumas plantas que podem servir como substitutas mágicas, é o caso do gengibre e do melão-de-são-caetano

10 de Novembro - Dia da Deusa/fada Nicnevin


Nicnevin é a deusa anciã das bruxas , magia, e encruzilhadas que vem da antiga religião da Escócia pré- cristã. Seu nome significa "brilhante" e "divino" 
Ela está simbolicamente ligada à Hecate e a lua escura. Ela reina com um consorte masculino ao seu lado , mas seu nome nunca é dado . A montanha mais alta da Escócia , Ben Nevis, era sagrado para ela.

Ela é a rainha das fadas , espíritos e criaturas estranhas e foi conhecer a aparecer tanto como uma velha ou uma bela jovem . Ela é considerada uma divindade de grande sabedoria e técnicas mágicas . Nos contos folclóricos mais tarde , Nicnevin é astuto em encantos e junta fileiras com bruxas europeus na sua capacidade de navegar pelos mares em uma peneira.





Em 10 de novembro , Antigo novembro Eva, a deusa Nicnevin foi comemorada com uma festa em todo o interior da Escócia , como ela andava pelo ar , seguido por seu anfitrião Unseelie de espíritos e criaturas. Diz-se que, nesta noite, no horário entre 21 e 22hs, ela se faz visível para o mundo dos mortais.

Em 1585 esse nome foi aparentemente utilizado por uma mulher condenada à morte por bruxaria.
É uma palavra escocesa do norte inglês que significa "antigo "que é, ou está conectado , a palavra Old Norse Kerling (mesmo significado) . 
 Sendo então uma fada muito antiga, que pode ter sido cultuada sob outras formas. 
 Ela é bela porém, seu aspecto lembra muito "Morrigan" na sua forma mais selvagem. 
 Seu cajado possui  penduricalhos como crânios de pássaros  várias nozes e  sementes coloridas e bolotas de carvalho. Sua roupa é em tons de verde escuro e marrom, veste também um manto com penas de corvos. Seus cabelos sempre estão em movimento, como se tivessem vida própria e sua pele tem um leve tom de azul escuro.
 Ela foi  por muitas vezes, considerada como uma feiticeira da floresta, ou uma das figura menos conhecida da mitologia de fadas.
 Na tradição de fadas "Habundia" da Escócia é mais conhecida, e seu perfil tem uma visão obscura. Alguns relatos chegam a liga-la mais ao domínio dos ogros, trolls e duendes ou "Rainha dos Goblins".
Sir Walter Scott (historiador) a relatava ... como uma fada que muitas vezês podería aparecer na forma de gigante, e provocava terríveis tempestades.  
 Esta Rainha de Fadas em todos os aspectos é o reverso da Mab ou Titânia , foi chamada"Nicneven" e então misturada ao sistema de fé dos celtas e godos.
 Sería mais uma "Rainhas das Fadas" nas energias em formas de "Dark Faeries" ( fadas da escuridão).
O grande poeta escocês "Dunbar" fez uma vívida descrição desta Fada, senhora ligada as (fadas, nomeadamente), bruxas, ogros e duendes, também, regente na véspera do Sanhaim.  
 Ou seja uma fada ligada a energia dos mortos e dos ancestrais.


Na Itália há relatos de bruxas em rituais, onde sob as ordens de Diana ou Herodias,  cultuavam a energia dessa criatura mágica, porém a streghoneria era mais voltada a crença de fadas mais simples, como espiritos dos mortos, principalmente de crianças, que acreditavam poderem retornar em formas de fadas (fantasmas).








O nome  Nicneven está associado a rituais de proteção , como associado a fantasmas, a adivinhação , a paz e ao inverno. Seus símbolos são abóboras , cabaças e pratos tradicionais do Halloween. Na Escócia, Nicneven é a deusa anciã de Samhain, que é o antecessor de festas do Dia das Bruxas modernas. Nicneven governa os reinos de magia e bruxaria e também representa o início iminente do inverno.

Em magia e tradições celtas , este é o ano novo - um momento em que o véu entre os mundos crescer fino e espíritos podem se comunicar com os vivos.  Neste período há o costume de esculpir a abóbora ou nabo para proteção e para iluminar o caminho para os espíritos familiares para acompanhá-lo nas celebrações de hoje.
Na tradição druida , Samhain era um tempo para corrigir quaisquer assuntos que causam a dissidência. Nicneven fornece a cola mágica para esta finalidade. 

Pegue um pedaço de papel branco em que você tenha escrito o motivo da raiva em um relacionamento, depois gravá-lo em qualquer fonte de fogo sagrado ( a vela da abóbora, ou fogos de rituais ) . Ao fazê-lo , pergunte Nicneven para capacitar o feitiço e destruir a negatividade completamente .Para inspirar sabedoria de Nicneven ou aptidão mágica,

Neste período se deve apreciar pratos tradicionais Halloween - torta de maçã , por exemplo, traz sagacidade . Maçã cidra espumante agrada energia mágica . Fornececendo bases sólidas e proteção enquanto criaturas mágicas estão em andamento !



" Rainha das Fadas Bad ", de Brian Froud

Nicneven ou Nicnevin ou Nicnevan (cujo nome é de um sobrenome gaélico escocês , filha (s) do divino ' Neachneohain significado e / ou filha (s) da filha do santinho ' Scathach ' NicNaoimhein significado " ) é uma rainha da as fadas do folclore escocês . O uso do nome para este significado foi encontrado pela primeira vez em Flyting de Montgomerie ( c.1585 ) e foi aparentemente tirada de uma mulher , na Escócia, condenada à morte por bruxaria antes de ser queimado na fogueira como uma bruxa . No Borders o nome para este arquétipo foi Gyre - Carling cujo nome teve variantes, como Gyre - Carlin, Gy - Carling , Gay - Carlin entre outros. Gyre é, possivelmente, um cognato da palavra Norse geri e , assim, ter o significado de " ganancioso " ou pode ser do Norse gýgr significado ' ogra '; Carling ou carline é um escoceses e norte Inglês significado da palavra " velha ", que é de , ou relacionados a , a palavra kerling nórdica ( com o mesmo significado) .
Às vezes ela foi pensada como a bruxa mãe, Hecate , ou Habundia figura do escocês mitologia de fadas. Este aspecto é francamente diabólico. Sir Walter Scott chama Her:

Ela pode ser uma mulher gigantesca e maligna. 


Para uma peça fantástica e em profundidade escrito sobre esta deusa , eu recomendo a leitura " Nicnevin " por Sarah Lawless sobre a Witchofforestgrove.com . Em sua obra , ela explica: " Nicnevin é a Rainha de Elphame , a rainha das fadas , espíritos e criaturas estranhas , Rainha dos Unseelie Tribunal de Alba. Ela reina com um consorte masculino ao seu lado , mas seu nome nunca é dado, ele muda com seu humor. Ela é a Gyre Carline e aparece às vezes nos contos escoceses como Habetrot , um espírito velha -like conhecido por seus poderes mágicos de fiação, tecelagem e clothmaking . Diz-se que Ela usa um longo manto cinza e carrega uma varinha branca e pode aparecer como uma velha ou uma bela jovem . Gansos brancos são sagrados para ela e seu cacarejar pode anunciar sua chegada. Ela está relacionada com a deusa germânica Holda ... Hel , rainha do submundo , o líder da caça selvagem na lenda nórdica " .
Na Enciclopédia dos Espíritos por Judika Illes , ela escreve: " Nicnevin , Scottish bruxa/fada e Deusa, pode transformar a água em rochas e mar em terra seca . Seu nome é derivado de Nic Gaelic um Neamhain , ' Filha de Frenzy . Nicnevin voa durante a noite. Embora geralmente invisível , Sua presença é anunciada pela cacofonia de gansos . Os romanos identificaram com Diana.

Após a conversão oficial da Escócia ao cristianismo e julgamentos de bruxas brutais , Nicnevin , ex- Deusa, foi reclassificada como tanto uma fada e um demônio. 




sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Faça a sua Roda da Fortuna e consiga o que quer!

A RODA FORTUNA 
Consiste no seguinte:









1. Pegue uma cartolina branca OU a sua cor preferida



2. Faça um círculo grande nela,ou divida-a como desejar mas siga as recomendações abaixo.



3. Divida o círculo em 2, 3 ou 4 partes. As partes correspondem às áreas que você quer prosperar. Por exemplo:



* Saúde, amor e trabalho, ou

* Melhores relacionamentos, uma casa própria, um carro novo, ou

* Uma viagem ao exterior, um emprego melhor remunerado, mais sucesso profissional.



Não coloque mais que 4 desejos na sua roda da fortuna, para ser mais objetivo.



4. Coloque uma foto sua no centro do círculo



5. Recorte fotos ou desenhos de revistas e cole nas áreas que você quer prosperar. 



Se você quer uma casa bonita, recorte uma foto e cole na cartolina. Se quer emagrecer, cole uma foto sua de quando era magra. Se nunca foi magra, procure a foto de uma pessoa magra e cole uma foto de seu rosto sobre o da pessoa. Se você quer viajar para o exterior, procure fotos dos lugares que quer conhecer.



Perceba que as possibilidades são infinitas. Use a criatividade e faça a Roda da 



Fortuna que mais satisfaça seus desejos.



6. Dentro de cada parte do círculo, ao lado das figuras coladas, escreva frases significativas sobre o que você quer alcançar. Pode ser algo como: quero algo do mesmo nível ou melhor, e isso está se materializando agora na minha vida, de forma harmônica, levando em conta o bem maior, sem lesar ninguém.



Ao terminar, coloque a Roda da Fortuna num lugar de fácil visão, mas que também tenha uma certa privacidade. É interessante que só você olhe diariamente sua roda.


Você também pode colocar na roda algo que se refira a outra pessoa. 





Muito cuidado quando dor lidar com a vida de outra pessoa. 



Visualize-a sempre bem, de bom humor, com sucesso, mas nunca expresse o que você julga ser ideal para ela. 



Não a coloque em situações em que, você acha que ela deveria estar. Você não sabe o que é melhor para o outro. Não se comprometa desse modo.



Seguindo os passos acima descritos, você elimina muitas dificuldades em sua vida. 



Visualizando 
sempre as figuras que colocou e lendo as frases que escreveu na Roda da Fortuna, você se alimenta com idéias positivas e nutritivas. 



(Extraído do livro: Faça Dar Certo – Luis Antonio Gasparetto)


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Lua Nova. Limpeza e Purificação



As meditações são direcionadas a criação de novos projetos, a organização de novas idéias, a estruturação de todos os nossos novos objetivos. Imagine que você conquistou um novo emprego, nesse momento de lua nova você deve meditar sobre quais são as atitudes e posturas que deve tomar no novo emprego, organizar seus horários, meditar sobre a melhor forma de aproveitar esse emprego e quais são os objetivos que você tem para melhorar no emprego.
Essa meditação também deve possuir uma reflexão para nossas mudanças internas, tudo de novo que está ocorrendo em nosso ser, conseguimos eliminar nossas sombras no Esbat passado? Então como estamos nos sentindo com isso? Precisamos ver como essa mudança está agindo no nosso comportamento e na forma de encarar as coisas, para que possamos trabalhar isso.





O RITUAL de purificação é o mais comum e amplo dos ritos da WICCA e existem várias formas de trabalha-lo. Esse rito, além de trazer mais leveza e tranqüilidade para o lar, leva a um autoconhecimento de suas capacidades energéticas de formaextraordinária.

A recomendação a qualquer iniciante nos caminhos da WICCA é: Pratique primeiro os Sabbaths, os Esbbaths e os Ritos de Purificação, antes de aventurar-se em outras áreas mágickas. As razões são simples, através das atividades de purificação você aprende a controlar e manipular melhor tanto as suas energias como a dos ambientes em que vive. Nos sabbaths e esbbaths você passa a vivenciar a Wicca, interage com DEUSES e demais seres etéreos, aprende os funcionamentos básicos das ritualísticas da religião e ganha além de conhecimento, o amadurecimento e a seriedade necessária para trabalhar em outras áreas da Magia.

Falaremos do RITUAL de purificação de forma completa, ensinando maneiras de melhorar a organização, limpeza, e equilíbrio energético. Ensinaremos como tornar o ambiente e nós mesmos mais leves e tranqüilos. Após esse ritual, todo e qualquer local está apto a receber cerimônias, pois se encontra Harmônio e equilibrado.

ENTENDENDO AS ENERGIAS

Olhe a sua volta, o local onde você está é agradável? É onde você realmente gostaria de estar? Ou melhor, a LIMPEZA e organização estão da maneira que deseja? É muito importante saber que o seu exterior (ambientes onde vive mais tempo) reflete como anda o seu interior e possui grande influência sobre você.
Normalmente quando entramos em um local escuro, sujo, abafado ou desorganizado, ficamos cansados e irritados, isso mostra a influência do ambiente sobre o nosso comportamento e humor, ou seja, sobre nossas energias.

Energeticamente falando, tudo que acontece em um local gera pequenas ondas que são absorvidas pelas estruturas do local e ficam registradas. Paredes, teto, piso, objetos, animais, plantas, pessoas, todos são influenciados e registram as energias desprendidas com as ações e acontecimentos. Quando algo grave ou muito importante acontece (como uma forte briga) o “fluído extra” desprendido com a ação fica registrado com maior intensidade, por isso os Antigos diziam: “Se quer brigar, que seja fora de casa!”.

Essas “sobras” energéticas normalmente ficam acumuladas em locais de difícil acesso, onde raramente as energias são “movimentadas” e lá acabam se fixando e aumentando cada vez mais, como se fossem um grande acumulo de poeira.

Cantos de paredes, debaixo da cama, armários escuros, velhos ou pouco utilizados, quartos de bagulhos, porões, baús e tantos outros. São muitos os locais onde “algo” poderia parar e se fixar sem que percebêssemos. O interessante é que normalmente as crianças e os animais não gostam desses locais. Tirando os gatos é claro...rs.

O ambiente físico só fica bom, limpo e organizado se o ambiente astraltambém estiver, e vice versa. Logo vamos começar a trabalhar para que nossos “lares astrais” não pareçam “pulgueiros” com energias tão estagnadas que formam uma crosta nojenta e pegajosa de energia. Mãos a Obra!

PRIMIERO PASSO - FAXINA

Energia saudável é energia em movimento! Tenha sempre essa frase em mente. Para iniciar qualquer atividade de purificação energética, precisamos desprender as energias dos cômodos de nossa residência.
Muitas pessoas afirmam não ter ânimo para uma boa faxina, isso ocorre porque elas estão pressas nas teias desse agregado energético presente nas coisas velhas e desorganizadas. A eliminação desses “laços” permite uma profunda reciclagem mental que favorece potencialmente a eliminação de desequilíbrios interiores.

“Assim como acima é abaixo, como é dentro é fora” tal axioma demonstra como a eliminação da bagunça exterior favorece o trabalho interior. Vamos a 3 orientações para executar uma boa faxina:

• Comece com uma organização simples, ponha tudo que está no local errado em seu devido lugar e limpe a casa normalmente. Não precisa se matar limpando cada cantinho tenha calma, não se sobrecarregue. Primeiro organize e limpe superficialmente.

• Agora escolha um cômodo, veja tudo que você pode mudar de posição (um livro de FENG SHUI sempre ajuda nessas horas), analise dos objetos que estão visíveis quais estão velhos, quebrados ou por algum motivo não combinam ou agradam você. Jogue os quebrados fora. Valor sentimental? Bom você vai viver sua vida inteira com aquele objeto quebrado e velho? É provável que um dia você o esqueça num canto e o perca, como já deve ter feito com várias outras quinquilharias, não é? Então é melhor deixar de gastar suas energias com ele logo, pois é apenas pra isso que ele serve: Gastar suas energias. Os objetos velhos devem ter o mesmo fim, entretanto se estiverem bem conservados podem ser doados ou vendidos.
Para facilitar pegue cada objeto e pergunte: “Vale a pena doar minhas energias para esse item? Ele me alegra ou tem alguma função para o meu humor? Ele realmente é essencial?”, se obtiver respostas negativas jogue fora, venda ou doe o item e nunca volte atrás em sua decisão, afinal você é um(a) Bruxo(a). Faça toda essa LIMPEZA e eliminação cômodo por cômodo até organizar tudo que é visível ao entrar em cada um.

• Agora começa a faxina mais profunda, superficialmente e visivelmente seus cômodos estão limpos e organizados, isso te dará ânimo extra. Separe alguns dias para limpar e organizar um cômodo por vez, não se sobrecarregue. Limpe gaveta por gaveta, armário por armário, organize, sacuda, olhe para cada coisa (roupa, utensílio...) e faça as perguntas. No quesito roupas, aquelas que você não usa a mais de um ano (tirando as roupas de frio) devem ser doadas ou vendidas, tenha em mente que você pode comprar, pedir emprestado ou alugar algo que precise. Não é necessário ficar com um armário cheio de roupas se você não usa mais da metade há anos. Troque, recicle! Energia em movimento lembra!? Além disso, você vai ganhar espaço, talvez um dinheirinho com a venda, e vai ganhar energia, pois tudo que possuímos absorve nossas energias, coisas que não usamos há muito tempo só estão servindo para nos deixar mais cansados e esgotados, já que não possuem nenhuma outra utilidade. Um bom bruxo(a) sabe que tudo a sua volta precisa estar em constante movimento, pois isso lhe dá força e controle sobre suas energias.




Tendo executado esses 3 pontos por todos os locais, sua casa está completamente organizada e renovada, cada cômodo está mais aconchegante e perfumado, mantenha-os sempre assim e caso perceba alguns tipo de desorganização faça esse trabalho novamente. Quando moramos com outras pessoas é importante pedir que ao menos essa parte física seja feita em toda a residência, pois isso fará um bem não só do ponto de vista energético mais também na saúde e bem estar de todos os moradores.

Fonte: Old Religion