Siga por e-mail

Seguidores

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Como entro para a Wicca?




Se você está se fazendo esta pergunta significa que acabou de chegar neste novo mundo, o mundo da Wicca e Bruxaria. Seja bem vindo! Temos certeza que você vai se identificar com nossas crenças e desejar aprender o máximo que puder.  Mas antes de realmente tornar-se um bruxo ou bruxa, você precisa entender algumas coisas sobre a nossa religião.

Em primeiro lugar, exatamente isto, a Wicca é uma religião.  Não somos uma seita, não somos um culto e muito menos apenas uma filosofia de vida.  Nós acreditamos que a Divindade é polarizada, ou seja, a criação de tudo o que existe foi feita pela Deusa e pelo Deus.  Nossos Deuses podem receber muitos nomes e foram vistos das mais diversas formas por diferentes culturas no mundo todo.  Somos livres para dar à Divindade a face que desejamos, mas você não vai encontrar nenhum Neopagão bem informado celebrando Jesus Cristo, Jeová ou Alá como faces do Deus, basicamente porque esses Deuses fazem parte de mitologias que acreditam na existência de uma única Divindade e na imposição de sua crença sobre as demais culturas.  Além disso, essas religiões influenciaram nossas culturas muitas vezes de formas negativas e para nos livrarmos dessa carga precisamos romper com nossas crenças anteriores.  Bruxos não acreditam que o Deus Cristão é o único caminho, bruxos não acreditam no Diabo, Demônio, Satanás, ou qualquer outro termo usado pela Mitologia Cristã, e para bruxos a Bíblia é só um livro que conta sobre essa Mitologia e seus Deuses.  Portanto, se você quer ser um bruxo, o primeiro passo é livrar-se de suas antigas crenças, mesmo que no futuro descubra que algumas delas são compatíveis com a Bruxaria.

Em segundo lugar, bruxos fazem magia.  Magia não é algo negro, nem algo branco, ela tem a “cor” que quisermos dar a ela.  Magia é como metal, que pode ser moldado na forma que se deseja e que pode ser utilizado para inúmeros objetivos.  Alguns desses objetivos são destrutivos e alguns são construtivos.  Quem determina o objetivo de sua magia é, portanto, o bruxo.  Isto também não significa que você pode ir comprar sua varinha e sua coruja e seguir para Hogwarts.  A magia mais eficiente é sempre sutil, quase imperceptível, e bruxos empenham-se em ser o mais eficiente que puderem.  Se você virar bruxo certamente vai testemunhar efeitos mágicos espetaculares, mas o foco da nossa religião não é impressionar as pessoas, e sim ajuda-las em sua busca por realização em todos os sentidos.  Você vai descobrir também que pode ser bruxo sem fazer magia, mas ela é de certa forma uma parte indissociável de nossa crença. A natureza vibra com magia e nós vibramos com a natureza.

Em terceiro lugar, bruxos celebram a natureza com o mesmo fervor que outras religiões celebram suas crenças.  Acreditamos que nossa vida é regida pelos ciclos do nosso planeta, quer vivamos no interior ou na selva de concreto.  Por mais superiores que nos sintamos com relação às outras espécies, ainda vivemos conectados a uma imensa teia que liga todos os seres viventes.  Celebrar e respeitar os ciclos é aprender a celebrar e respeitar tudo o que existe.  Nossas principais celebrações ao longo do ano são treze Festivais de Lua Cheia (Esbás) e oito Festivais Solares (Sabás) compondo o que chamamos de A Roda do Ano.  Consideramos que celebrar a natureza, a mudança das estações e a passagem do tempo é vital para nossa espiritualidade.
Em quarto lugar, a Wicca não é centralizada em um Vaticano Bruxístico, ou uma grande entidade internacional.  Nossa religião tem duas estruturas principais: o Coven e o bruxo.  Covens são grupos de até treze bruxos que se reúnem de tempos em tempos para celebrar juntos.  Muitas vezes, mas não obrigatoriamente, Covens fazem parte de uma Tradição, que é um conjunto de regras, normas e rituais repetidos ao longo do tempo.  Covens e Tradições variam imensamente entre si, mas tem em comum a celebração da natureza, dos Deuses e o uso da magia.  Mesmo a estrutura Coven/Tradição não é obrigatória, e alguns bruxos por opção ou falta dela, decidem viver sua religião de forma solitária.  Bruxos solitários determinam seus próprios métodos, suas próprias normas e rituais.  Além da ausência de uma estrutura centralizada, a Wicca procura ser uma religião que respeita a criatividade individual e, por isso, não nos atemos a um único livro sagrado.  Existem diversas fontes bibliográficas de respeito e recomendamos inúmeras neste fórum.  Dê uma olhada quando puder.



Mas se não há estrutura central ou um livro sagrado, como posso virar um bruxo?

Deuses, Magia e Celebração da Natureza, esses são três grandes pilares na nossa religião.  Se você quer se tornar um bruxo é importante que pesquise e estude sobre os três.  Nossa crença inclui o mérito do esforço pessoal e ninguém pode estudar e praticar por você.  Use nosso fórum como fonte de informação, mas não se restrinja a ele: leia livros, procure em sites de outras tradições e pesquise em inglês sempre que puder.

Nós não sabemos quantos wiccanos existem por aí porque não somos uma religião centralizada. A melhor estimativa forneceu 400.000 wiccanos nos EUA em 2001, mas este número deve ser muito maior nos dias de hoje.  Não temos nenhum tipo de estimativa oficial no Brasil, mas as minhas estão na casa dos 40.000.  Números, entretanto, não são o objetivo de nossa religião, favorecemos qualidade em detrimento de quantidade.

Se você decidir fazer parte de nossa religião depois de conhecer brevemente os preceitos e fundamentos dela, faremos o possível para te ajudar da melhor maneira que pudermos.  A Tradição Caminhos das Sombras (TCS) oferece algumas alternativas de treinamento sacerdotal e também temos contatos com outras tradições, bruxos solitários e grupos que podem estar dispostos a te aceitar.  Se você sente que seu caminho é solitário, também podemos contar a você sobre as pedras que encontramos neste caminho.  Também estamos aqui para aprender, pois cada novo bruxo traz consigo suas experiências, seu conhecimento e sua sabedoria.

Se você sente que a Wicca é o seu caminho, nos sentiremos gratos em explicar as trilhas que conhecemos.  Quem sabe poderemos até caminhar juntos?

By: Dylan Siegel





Por onde começar???
A nossa religião está crescendo e, com isso, crescem também as dúvidas. A maioria das pessoas que acabaram de conhecer a Wicca não sabe como começar a fazer parte desse mundo, tão novo e rico de informações. Então, como começar a praticar Wicca?

Em primeiro lugar, a leitura. Leia bastante, leia o tempo todo. Temos muito material bom disponível não apenas em livros, mas também na internet, hoje em dia. Procure informações diferentes, aprenda a questionar o que lê, a entender os porquês e as bases de nossa religião. Leia sobre os Deuses e sobre os Elementos, aprenda sobre Magia e sobre nossas celebrações. Algumas referências de livros indicados por iniciados da Tradição Caminhos das Sombras estão no final deste texto.

Em segundo lugar, entre em contato com os Deuses. Isso pode ser feito de várias formas. Por exemplo, você pode acender uma vela como uma oferenda a Eles e conversar com Eles, em voz alta mesmo, se desejar. Ou mesmo em pensamento. Estabeleça uma conexão, conte sobre você, sobre como você se sente nesse caminho que começou a trilhar. Conte sobre suas vontades e seus medos. Conte sobre suas alegrias, sobre sua rotina. Adquira o costume de conversar com Eles todos os dias, de contar o que você fez, de compartilhar sua vida com eles. Ofereça seu dia a Eles, peça por suas bênçãos e proteção. Ao final do dia, agradeça-os pelas bênçãos proporcionadas. Aos poucos, você se sentirá mais seguro e conseguirá meditar e ouvir também suas mensagens. Com o tempo, pode ser que alguma Deusa ou Deus específico se mostre a você. Peça sinais a Eles. 

O próximo passo é começar a montar o seu altar. De que forma? Da que for possível. Um altar tem, basicamente, as representações dos Quatro Elementos. Se você não pode comprar um athame ou aquele cálice lindo que você viu, não tem problema! Um incensário, pena ou sino já representam o elemento Ar; um copo comum pode ser colocado com Água para representar este elemento. Um vaso de plantas ou uma pedra para a Terra, uma vela simples para o Fogo e... pronto! Seu altar está montado. A partir daí, à medida que puder, acrescente os instrumentos e outras coisas como for de seu agrado. Tradicionalmente, o altar é montado ao Norte, mas nem sempre temos espaço em nossas casas. Seu altar pode ser montado em qualquer direção e no espaço que você quiser. Não tem uma mesa própria para ele? Que tal uma gaveta? Ou um espaço na sua prateleira? Se não houver mesmo espaço para seu altar, ou se você mora com pessoas que não concordam muito com a religião, também existem formas de ter um altar: enfeites simples, ou até mesmo quadros podem ser consagrados para este fim. Qualquer objeto pode ser transformado em mágico com a sua intenção. 

Comece a transformar sua rotina e tornar o seu dia mágico. Sinta o calor do Sol, do elemento Fogo, aquecer o seu corpo; respire o ar fresco da manhã e se envolva nas bênçãos do começo de um novo dia. Tome banho e sinta que a água leva embora todas as preocupações e medos, renovando suas energias. Sinta a Terra te nutrindo com os alimentos que você come durante o dia. Ofereça aquela música que você ama aos Deuses, e também o seu trabalho. Abrace uma árvore. Respeite o meio ambiente. 

A partir dessas pequenas práticas, você já começou a trazer a energia dos Deuses para sua vida. Quando se sentir pronto, comece também a celebrar os Sabbats e Esbats. Estude suas correspondências e formas de celebrar, elabore seus próprios rituais, celebre sem medo, em Amor e Devoção aos Deuses. Se errar, faça de novo, e de novo, pois a prática leva à perfeição. E sempre, sempre, leia e estude, aprenda cada vez mais.

Saiba que, a partir do momento que começar este contato, sua vida vai mudar. A Wicca é um caminho de profunda transformação interior. As pessoas que se dedicam à religião começam a sentir os Deuses pelas pequenas sincronicidades de cada dia. A partir de pequenas práticas, você pode desenvolver seu poder mágico e sua magia para melhorar a sua vida e a das pessoas ao seu redor, para tornar a si mesmo e o mundo melhores.

Ser um Bruxo é fazer de cada momento sagrado. É viver a Magia em cada minuto do seu dia. Ela está aí, presente e disponível para nós. Basta sabermos senti-la!

Aileen Daw
Sacerdotisa da Tradição Caminhos das Sombras
Co-fundadora do Círculo Labirinto das Sombras

Bibliografia recomendada
?   O Poder da Bruxa - Laurie Cabot
?   A Dança Cósmica das Feiticeiras - Starhawk
?   Wicca Essencial - Paul Tuitean e Estelle Daniels
?   O Guia da Tradição Wicca para Bruxos Solitários - Raymond Buckland
?   Os Mistérios Wiccanos - Antigas Origens e Ensinamentos - Raven Grimassi
?   O Guia Essencial da Bruxa Solitária - Scott Cunningham
?   Vivendo a Wicca - Scott Cunningham
?   A Deusa – Teresa Moorey
?   Mistérios Nórdicos - Deuses. Runas. Magia. Rituais. - Mirella Faur

Um comentário:

  1. eu consigo fazer as coisas pegarem fogo e so imaginar as molecolas vibrando e depois fasa elas omentarem a vibraçao no lugar onde voçe quer que pegue fogo

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.