Siga por e-mail

Seguidores

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Hoje 3 dia de Lua negra

Hoje a Lua negra está em seu pico.

Celebre-a!

A Lua Negra

By Evan Kunagnos


Que fase é essa que chamam de Lua Negra? Quando ocorre? Por que ela não tá marcada no calendário aqui de casa?

Quatro são as fases populares da Lua, astro muitíssimo reverenciado entre os praticantes de Bruxaria. Nova, Crescente, Cheia e Minguante, cada fase com sua particularidade e indicações para trabalhos mágicos.

Há, no entanto, uma fase não conhecida por todos, mas de grande poder dentro da Magia. É o que chamamos de Lua Negra. Por que Lua Negra?
A Lua Negra ocorre nos três dias que antecedem a Lua Nova. Ou seja, a Lua Negra funciona mais como uma sub-fase de transição entre a Lua Minguante e a Lua Nova - se você levar em conta aquela marcação de 7 dias corridos para cada fase.

Nesse período dos últimos três dias de Lua Minguante, é possível que você veja a lua em seus últimos momentos de luminosidade. A última noite e, portanto, a noite que antecede a Lua Nova, é um momento de total escuridão lunar. O astro não pode ser visto e sua energia agora é mais sombria e mais difícil de conectar-se.

A Lua Negra representa o seu próprio eu, os seus próprios medos e a sua escuridão interior. Na Lua Negra, temos a oportunidade de lidar com nossa face mais sombria - aquela que talvez não compreendemos ou não sabemos controlar com exatidão. A Lua, como símbolo da Grande Deusa, também traz à tona a energia das Deusas Negras, como Kali, Hécate, Morrigan e Cerridwen. Deusas que vagam pela noite e que dominam a escuridão conquistam uma egrégora mais forte e acentuada nesse período, o que favorece o trabalho com essas divindades.

Mas e aí, como conciliar o contato com divindadesnegras e o meu próprio eu? Não é tão difícil como parece. Todos nós somos dotados de luz e escuridão. Todos temos uma face escura, todos temos segredos que nem mesmo nossos melhores amigos conhecem. Temos uma área penumbral dentro de nós, tão profunda que, certas vezes, temos medo de tocá-la. Este é o campo onde deusas como Hécate agem. Transformando nosso interior e transformando nossos medos e temores em nossos aliados. Trabalhar com Hécate na Lua Negra é um convite ao autoconhecimento e ao domínio dos seus próprios instintos. 

A Lua Negra, portanto, é um momento muito (repito: muito!!) poderoso para realizar trabalhos mágicos. Banimentos funcionam muito bem aqui, mas eu recomendaria aproveitar a energia evanescente da Lua Minguante. Neste período, busque conhecer a si mesmo. Busque conectar-se a deusas da magia, deusas da noite, como Nyx e Lilith. Durante a Lua Negra, aceite suas perdas e prepare-se para receber o novo. Enfrente a morte que lhe aguarda - e permita-se renascer para o que te espera.
Aproveite essa energia para: quebrar feitiços enviados a você ou a pessoas que você ama, meditar e dominar a escuridão que existe em você.
Símbolos da Lua Negra: a foice, caveiras/esqueletos, cristais como ônix, turmalina negra e quartzo fumê; ervas como artemísia e eucalipto.

A Lua Negra de janeiro ocorre nos dias 28, 29 e 30 (marcado ainda pela Lua Violeta). 

Para esclarecer, Lua Violeta é um termo criado por Mirella Faur, em "Anuário da Grande Mãe". A Lua Violeta ocorre quando há duas luas negras no mesmo mês (o que ocorre agora em janeiro). A Lua Violeta amplifica as possibilidades e os poderes da Lua Negra, além de dotá-la com um incrível poder de transmutação e transformação de energias negativas. 

Contemple este período com sabedoria. Utilize-o com magia de forma consciente. Deixe que a Lua Negra, potencializada pelo efeito violeta provoque transformações no seu modo de ver as coisas. Convide a deusa anciã, portadora de toda sabedoria, e deixe que Ela lhe ensine sobre suas missões.

E que assim, abençoado seja.

Fonte:  http://bruxariahipster.blogspot.com.br/2014/01/a-lua-negra.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.