Siga por e-mail

Seguidores

segunda-feira, 24 de março de 2014

DNA Mágico


Hoje quero falar sobre um tema que causa muita controvérsia no meio pagão, o DNA mágico.

Mas antes de tudo gostaria de deixar claro que esta é a minha opinião, formada através de minha própria experiência, através do acompanhamento de dedicados e iniciados de vários iniciadores ao longo de 17 anos de Wicca e Bruxaria (em 2009) e pela troca de informações com outros iniciadores, inclusive de outros caminhos mágicos, espalhados pelo mundo afora.

Creio que todos aqui sabem que quando você se inicia, seu iniciador é aquele que recebe seu juramento de serviço aos Deuses. Mas seu iniciador também te transmite parte da energia dele ou dela durante a cerimônia. E com esta energia vem a assinatura mágica deste iniciador e seu DNA mágico.

O DNA mágico de uma pessoa carrega as principais características do caminho mágico daquela pessoa, seus sucessos, seus fracassos, suas qualidades, seus defeitos, as questões com as quais ela tem facilidade e suas principais dificuldades. E particularmente, seus nós mágicos.

E o que são nós mágicos?

Nós mágicos são as dificuldades que uma pessoa tem em seu caminho mágico, aquelas questões que são recorrentes na vida dele ou dela. Por exemplo, uma pessoa que não consegue ter um relacionamento afetivo saudável, provavelmente tem um nó mágico nesta questão. E se esta pessoa iniciar alguém, ela com certeza transmitirá esta dificuldade a seus postulantes.

Isso significa que a pessoa passará obrigatoriamente a ter problemas para manter um relacionamento?  Não, mas se ela já tiver um problema em potencial nesta área, este problema com certeza será exacerbado. Veja bem, você não receberá todas as dificuldades de seu iniciador, receberá uma parte da energia daquilo que for mais pronunciado na vida dele ou dela.

E o que acontece se seu iniciador é uma pessoa capaz de formar relacionamentos estáveis e felizes? Ele vai transmitir esta capacidade a você através do DNA mágico, isso significa que você receberá uma energia positiva nesta questão, que poderá vir a facilitar a questão em sua vida.

Entenderam a importância do DNA mágico?

É exatamente por isso que se diz que um iniciador deve ter a vida equilibrada e ordenada, estável, próspera e feliz, porque ele ou ela passará a seus iniciados esta capacidade realizadora, esta tendência à plenitude. E se for diferente, ele ou ela  terá a tendência de passar suas dificuldades adiante.

Um iniciador que vive em dificuldades financeiras transmitirá esta energia para seus postulantes. Um iniciador que não seja capaz de lidar com figuras de autoridade passará adiante.

Da mesma forma que um iniciador com facilidade de aprender coisas novas vai passar isso a seus postulantes. E um iniciador que possui boa saúde vai transmitir esta energia de saúde e vitalidade adiante.

Afinal, você só é capaz de transmitir aquilo que já possua em sua vida. Na magia, assim como na natureza, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Se não há amor na vida de um iniciador, como ele ou ela poderá passar isso adiante?

Então, se você estiver pensando em se dedicar ou em se iniciar com alguém, olhe para a vida desta pessoa e pense, este é o tipo de energia que eu quero atrair para a minha vida para o resto de meus dias?

Porque o laço entre iniciador e iniciado é para sempre. E você continuará recebendo as energias oriundas de seu iniciador, continuará absorvendo as principais vibrações da vida daquela pessoa. Mesmo em caso de rompimentos após a iniciação, você sempre carregará em sua aura e em sua energia a assinatura mágica de seu iniciador.

O que lava a uma outra questão a ser observada, como é a relação entre seu iniciador e as pessoas que o treinaram, seus iniciadores e professores? Um iniciador que tenha rompido com todos os seus mestres demonstra, no mínimo, uma profunda falta de respeito e lealdade. Ou então, não foi capaz de fazer as escolhas certas para sua própria vida mágica. Será que esta pessoa é realmente a melhor pessoa para te iniciar?

Gente, sinceramente, a hora de escolher um iniciador é a hora de ser egoísta. Você tem que pensar naquilo que será melhor para VOCÊ. Seu iniciador terá a chance de iniciar outras pessoas no futuro, mas você nunca mais se livrará da assinatura mágica daquela pessoa em sua aura. Pense em sua vida daqui a dez, vinte anos, você ainda vai querer vibrando em sua aura a energia desta pessoa? Olha para a vida dela, veja o que ela realizou até agora. Some seus sucessos, seus fracassos, veja onde ela brilha, onde está crescendo e olhe também aquelas áreas em que ela está estagnada e pense: eu quero isso para a minha vida?

E mais, observe este iniciador durante o ano e um dia de sua dedicação. Ele continua crescendo, aprendendo? Ele se esforça para melhorar algo em sua vida? Ele realmente tem o controle de sua vida ou é prisioneiro de vícios e limitações? Se seu iniciador não conseguiu se libertar de um simples vício, como ele poderá te ajudar a superar seus limites se ele não foi capaz de superar os dele? Seu iniciador é feliz? Há magia na vida dele ou dela? Há uma devoção sincera aos Deuses? Há comprometimento?

Muita gente firma laços de amizade com seus dedicadores e acaba deixando que estes laços definam se ele ou ela vai ou não se iniciar com aquele iniciador. Mas um dedicador pode ser um excelente amigo e no entanto não ser a pessoa mais adequada para te iniciar. E se a amizade dele ou dela for condicionada a isso, ou seja, se a possibilidade de rompimento dos laços de dedicação também representar o fim da amizade, será que esta amizade realmente existiu? Realmente foi sincera?

Eu digo isso porque infelizmente, existem iniciadores que usam os vínculos emocionais para tentar segurar um postulante até a iniciação.

Gente, é preciso lembrar que a iniciação também traz vantagens ao iniciador. Quando você inicia alguém você recebe poder. A energia que você perde ao transmitir parte de seu poder a seu postulante é reposta pelo universo, ou pelos Deuses. E não na mesma quantidade, mas com uma porção maior do que aquela que você gastou. Ou seja, a cada pessoa que um iniciador inicia, ele ou ela ganha mais poder, mais energia.

Este é, infelizmente, um recurso muito utilizado por iniciadores inescrupulosos para aumentar o próprio poder. Eles saem iniciando uma pessoa atrás da outra, sem o mínimo de critério ou envolvimento, apenas pelo aumento de poder que cada iniciação traz.

Se seu dedicador faz questão que você continue com ele, talvez seja a hora de pensar: ele está fazendo isso pelo seu bem ou pelos próprios interesses? Ele ou ela quer o melhor para você, ou para si mesmo?

E você vai querer em sua aura o DNA mágico de uma pessoa assim?

Pense nisso.

Naelyan Wyvern, Elder da Tradição Caminhos das Sombras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.